Atacante marcou no primeiro tempo em um dos únicos ataques da equipe inglesa, que só precisa de um empate para ir à final da Liga

Didier Drogba comemora gol do Chelsea
AP
Didier Drogba comemora gol do Chelsea
Em uma das suas poucas jogadas de ataque na partida em Londres, no Stamford Bridge, o Chelsea marcou com Didier Drogba e derrotou o Barcelona por 1 a 0 no jogo de ida das semifinais da Liga dos Campeões . O tento do marfinense veio com passe de Ramires e ainda tirou a invencibilidade dos espanhóis no torneio - eram dez jogos sem perder, com oito vitórias e dois empates.

OUTRA SEMI: Bayern de Munique marca no fim e sai na frente do Real Madrid

O Barcelona dominou todo primeiro tempo, teve pelo menos três chances claras para balanças as redes, mas não foi eficiente e não transformou sua superioridade em gols. O Chelsea se aproveitou e, no único ataque que fez na primeira metade do jogo, abriu o placar. Ramires puxou contra-ataque e rolou para Drogba chutar de perna esquerda e vencer o goleiro Valdés.

A segunda etapa foi parecida com a primeira, com o Chelsea acuado em seu campo, chamando o Barcelona e tentando sair nos contra-ataques, que mal aconteceram. Os ingleses conseguiram anular as principais peças ofensivas do time catalão e impediram o gol do empate. Nos acréscimos, Pedro chegou a acertar uma bola na trave de Cech, mas o placar ficou mesmo no 1 a 0.

Os dois times voltam a se enfrentar na terça-feira que vem, dia 24 de abril, no estádio Camp Nou, na Espanha. O Chelsea joga pelo empate ou por uma derrota por um gol, contanto que balance as redes do adversário, enquanto o Barcelona precisa vencer por dois gols de diferença para avançar. Se o Barça vencer por 1 a 0, a decisão da vaga vai para a prorrogação.

O jogo
Como sempre faz, o Barcelona começou a partida mantendo a posse de bola e mal deixando o adversário armar qualquer tipo de jogada. E o primeiro lance de perigo dos espanhóis aconteceu logo aos nove minutos, quando Alexis Sanchez recebeu lançamento preciso de Iniesta e chutou por cima do goleiro Cech. A bola caprichosamente bateu no travessão e não entrou.

Aos 17 minutos, Iniesta recebeu pela esquerda e chutou cruzado. O goleiro do Chelsea espalmou para frente e, já dentro da pequena área, Fabregas pegou o rebote, mas errou o chute, perdendo uma chance incrível. O meio-campista ainda teve uma outra oportunidade para marcar dez minutos mais tarde, mas o chute de esquerda parou nas mãos de Cech.

Zaga do Chelsea parou o Barcelona
AP
Zaga do Chelsea parou o Barcelona
Lionel Messi , até então sumido na partida, quase balançou as redes depois de acertar uma bela cabeçada, defendida com segurança por Cech. O camisa 10 do Barça ainda apareceu mais uma vez com eficiência no primeiro tempo, rolando uma bola açucarada para Fabregas marcar. O espanhol tocou por cima do arqueiro adversário e o lateral Ashley Cole tirou em cima da linha, evitando o gol dos visitantes.

E MAIS: Lionel Messi entra na lista dos mais influentes da revista "Time"

Já nos acréscimos, o Chelsea foi pela primeira vez para o ataque. E no que foi, marcou. Num contra-ataque rápido, Ramires recebeu lançamento pela esquerda, avançou para dentro da área e rolou para Drogba. O atacante Marfinense chutou meio sem jeito de perna esquerda, mas conseguiu vencer o goleiro Valdés para anotar o tento dos anfitriões nos primeiros 45 minutos.

Tentando empatar, o Barcelona começou com tudo a segunda etapa. Logo aos seis minutos, Adriano fez bela jogada individual e chutou colocado para boa defesa de Cech. Aos 12, Fabregas deu lindo passe para Sanchez, por cima da zaga, mas o atacante do Barça chutou para fora, cara a cara com o goleiro do time inglês.

Depois de levar os dois sustos, o Chelsea se dedicou à marcação e não deixou o Barcelona chegar com perigo. Aos 19 e aos 24 minutos, Messi e Xavi tiveram boas chances para marcar em cobranças de falta próximas à área, mas a do argentino pegou na barreira e a finalização do meia espanhol foi por cima da meta.

No fim, já aos 43 minutos, Messi cobrou falta na cabeça de Puyol, o zagueiro finalizou para o gol, mas parou na linda defesa de Cech. Nos acréscimos, Pedro acertou a trave e, no rebote, Busquets chutou por cima a chance de igualar o marcador. Já o Chelsea mal assustou o goleiro Valdés na etapa final e só segurou a vitória em casa.

FICHA TÉCNICA
CHELSEA-ING 1 x 0 BARCELONA-ESP

Local : Estádio Stamford Bridge, em Londres (Inglaterra)
Data : 17 de abril de 2012, quarta-feira
Horário : 15h45 (de Brasília)
Árbitro : Felyx Brych (Alemanha)
Assistentes : Mike Pickel e Mark Borsch (ambos da Alemanha)
Público : 38.039 torcedores
Cartões amarelos : Ramires, Drogba (CHE); Pedro, Busquets (BAR)

GOLS
CHELSEA: Drogba, aos 47' do 1º tempo

CHELSEA : Cech, Ivanovic, Cahill, Terry e Ashley Cole; Mikel, Ramires (Bosingwa), Raúl Meireles, Lampard e Mata (Kalou); Drogba.  Técnico : Roberto di Matteo

BARCELONA : Valdés, Daniel Alves, Puyol, Mascherano e Adriano; Busquets, Xavi (Cuenca), Fábregas (Thiago Alcântara) e Iniesta, Alexis Sánchez (Pedro) e Messi.  Técnico : Josep Guardiola 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.