Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Mesmo com derrota, Mourinho mostra otimismo para ir à final

Técnico do Real Madrid minimizou o revés para o Bayern de Munique nesta terça e acredita em classificação para a final da Liga

EFE |

AP
Mourinho minimizou a derrota para o Bayern de Munique nesta terça
O técnico do Real Madrid, José Mourinho, se mostrou tranquilo após a derrota por 2 a 1 desta terça-feira para o Bayern de Munique, na Allianz Arena, pelas semifinais da Liga dos Campeões, e destacou que o resultado que classificará seu time na volta não é impossível de ser alcançado.

Leia mais:
Bayern marca no fim e sai na frente do Real na semifinal da Liga

"É uma derrota que não deixa sensações negativas. A nossa derrota na temporada passada todo mundo lembra como foi. Hoje, perdemos uma partida em que tínhamos condições de vencer e que não merecíamos perder", disse Mourinho à emissora de televisão espanhola "TVE". "Um 2 a 1 não é um resultado que queríamos, mas que pode ser revertido. Temos uma partida no Santiago Bernabéu na volta em que não temos que fazer uma virada histórica", completou.

Os dois times voltarão a se enfrentar na quarta-feira da próxima semana, no estádio Santiago Bernabéu. O Real terá que vencer por 1 a 0 ou por uma vantagem ainda maior. Mourinho também defendeu sua escolha por Fabio Coentrão para a lateral esquerda, em detrimento do brasileiro Marcelo. O atleta português acabou recebendo críticas, principalmente pelo lance do gol da vitória do Bayern, em que foi driblado por Lahm.

Confira ainda:
Cristiano Ronaldo tem chuteiras roubadas na Allianz Arena


"Estou longe e não sei. Há pessoas que cometeram erros em outras partidas e ninguém falou nada. E agora é uma pergunta sobre um menino que fez um grande jogo", considerou. O técnico do Real ainda criticou a arbitragem, sobretudo devido ao lance do primeiro gol dos donos da casa, em que teria havido impedimento. "É muito difícil ganhar uma semifinal em um só jogo. Conseguir um resultado que já te coloque na final. É um resultado injusto, com um primeiro gol em impedimento, mas são erros de árbitros que considero normais", acrescentou o treinador, que se mostrou otimista para a volta.

"Será uma partida difícil. Temos que fazer uma boa partida, mas com um resultado normal, não de outro mundo. E a equipe tem chances e condições para alcançá-lo", finalizou.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG