Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Você é a favor do uso da tecnologia no futebol? Vote

Juan Mata, do Chelsea, chutou para o gol e a bola não entrou, mas o árbitro Martin Atkinson validou o lance

iG São Paulo |

O gol do espanhol Juan Mata, assinalado pelo árbitro Martin Atkinson na goleada do Chelsea sobre o Tottenham neste domingo, foi o lance mais polêmico do futebol neste fim semana. O novo erro da arbitragem faz com que a discussão a respeito do uso da tecnologia no futebol venha à tona.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores


No lance, o meia do Chelsea chutou para o gol e a bola foi tirada pela zaga do Tottenham antes de ultrapassar a linha. O bandeirinha não validou o gol, mas Atkinson chamou a responsabilidade para si e cravou que a bola entrou, gerando muitas reclamações dos jogadores do Tottenham. Veja no vídeo abaixo:
null

Outro recente lance que gerou discussão ocorreu no clássico entre Milan e Juventus, pelo Campeonato Italiano. Na ocasião, o meia do Milan, Muntari cabeceou para o gol, mas diferentemente do caso do Chelsea, a bola entrou, no entanto, juiz e bandeira não validaram o gol. 

Leia mais: Em jogo polêmico, Chelsea humilha Tottenham e avança à final da Copa

O lance mais famoso dos últimos tempos em que a bola entrou e o gol não foi assinalado ocorreu nas oitavas de final da Copa do Mundo de 2010, realizada na África do Sul. O meia inglês Frank Lampard chutou e a bola quicou dentro do gol para a sua seleção diante da Alemanha, mas o gol não foi validado pelo árbitro e bandeira da partida. Veja o vídeo do lance de Lampard:
null

A International Board, entidade que toma as decisões sobre as regras do futebol, vem estudando colocar a tecnologia dentro do futebol. Em sua última reunião, realizada em março, a IFAB decidiu dar prosseguimento às técnicas de ajuda aos árbitros no gramado, mas adiou em um ano a decisão sobre o uso da tecnologia na linha do gol.

Na mesma reunião, a International Board aprovou a instauração da arbitragem com cinco juízes para a Eurocopa 2012, que será disputada na Polônia e Ucrânia. Esta será a primeira vez que o sistema, em vigor na Liga dos Campeões e na Liga Europa, será adotado em uma grande competição de seleções.

Leia tudo sobre: juan matachelseafutebol mundialinglaterratecnologia

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG