Luxa monitora recuperação de Mário ao ponto de assustá-lo diariamente no Olímpico

Gabriel foi substituído quatro vezes por Luxemburgo
Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Gabriel foi substituído quatro vezes por Luxemburgo
Dar descanso, apostar no chute de Edilson ou atender a um pedido de troca. As explicações são muitas, mas há um fato na gestão de Vanderlei Luxemburgo quando o assunto é a lateral direita do Grêmio: Gabriel é substituído com frequência desde que assumiu a posição de Mário Fernandes.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Foram quatro trocas em 13 jogos, o último diante do Ypiranga, domingo, quando Edilson ganhou oportunidade. As demais: Pelotas (Edilson), Avenida (Julio Cesar) e Novo Hamburgo (Pará). Este comportamento, aliado ao monitoramento diário do chefe na recuperação do antigo titular, que passou por cirurgia no ombro esquerdo, ao ponto de assustá-lo, revela a ameaça ao posto de Gabriel.

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

“Gabriel saiu pois sentiu cansaço. Sobre o Mário? Falo com ele todos os dias, e ele me olha atravessado. Tem data para o retorno, sim, mas não vou falar”, disse Luxa.

Mário se machucou no Gre-Nal da fase classificatória da Taça Piratini, o primeiro turno do Gauchão, em 5 de fevereiro. A previsão dos médicos era de três meses, portanto, 5 de maio. Coincidiria com a primeira partida da final do Gauchão, caso o Grêmio se classifique para enfrentar o Caxias.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.