Viatura da polícia obstruiu passagem da ambulância que continha equipamentos que poderiam ter salvado a vida de Morosini

selo

Ambulância ficou presa por carro de polícia, e atraso pode ter colaborado para a morte
AFP
Ambulância ficou presa por carro de polícia, e atraso pode ter colaborado para a morte
O policial responsabilizado pelo atraso da ambulância que prestou atendimento a Morosini , meia do Livorno que morreu após sofrer uma parada cardíaca no último sábado, foi automaticamente suspenso nesta segunda-feira, após uma investigação interna da polícia italiana.

Leia também: Jogador morre durante partida da segunda divisão italiana

O jogador de 25 anos, que estava atuando pelo Livorno após ser emprestado pela Udinese, teve um colapso em campo durante jogo contra o Pescara, pela segunda divisão do Campeonato Italiano. Aos 31 minutos do primeiro tempo, ele caiu sozinho, tentou se levantar, mas permaneceu no chão.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Logo em seguida, o árbitro paralisou a partida para a entrada dos médicos, que começaram a fazer massagem cardíaca no meia. Os profissionais, porém, não contavam com todos os equipamentos necessários para realizar o atendimento adequado para aquele tipo de situação por causa da ausência da ambulância no gramado naquele momento.

Confira ainda: Após morte de Morosini, atraso da ambulância será investigado

A polícia italiana está investigando os motivos que provocaram este atraso da ambulância , mas a primeira versão dá conta de que um carro da polícia local obstruiu a passagem do veículo no portão principal do Estádio Adriático, em Pescara. Por causa do problema, bombeiros teriam quebrado uma janela do veículo e soltado o freio de mão para tirá-lo do caminho, enquanto jogadores e dirigentes gesticulavam freneticamente pedindo pela entrada da ambulância no gramado. Com isso, o jogador foi levado para o hospital com um pouco de atraso.

E mais:  Morosini aumenta número de mortes de jogadores em campo. Veja outros casos

O nome do policial suspenso não foi informado, mas o prefeito de Pescara disse que ele será punido com uma pena disciplinar de no mínimo 11 dias e no máximo seis meses, que será aplicada a partir do dia 7 de maio.

Relembre também:  Partida do Bolton é adiada por conta de incidente com Fabrice Muamba

Por causa da morte de Morosini, a Federação Italiana de Futebol confirmou no último sábado o adiamento de toda a 33ª rodada do Campeonato Italiano da Série A e dos jogos das demais divisões do país. As partidas ainda não tiveram as suas novas datas confirmadas, mas deverão ser disputadas no próximo fim de semana.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.