Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Golaço de Bottinelli garante vitória do Fla e ameniza crise

Luxemburgo manteve os titulares apenas no primeiro tempo e promoveu a estreia de Itamar e Magal em jogo de pouco público

Vicente Seda, enviado iG a Londrina |

Na primeira partida do ano, contra o Londrina, no Estádio do Café, o Flamengo esbarrou na falta de velocidade e no campo pesado, mas uma cobrança de falta perfeita de Bottinelli, aos 30 minutos do segundo tempo, salvou a noite dos cariocas e garantiu a vitória por 1 a 0. O resultado, se não empolgou, pelo menos serve também para amenizar a crise que abalou o ambiente da pré-temporada nos últimos dias.

O técnico Vanderlei Luxemburgo, que durante a semana escalara Bottinelli entre os titulares, mas iniciou a partida com três volantes e Luiz Antônio no lugar do argentino, trocou toda a equipe para o segundo tempo, já que foi nítida a pior condição física da equipe em relação ao rival. O próximo amistoso será no domingo, contra o Corinthians, no mesmo local.

Entre para a Torcida Virtual do Flamengo e comente sobre a preparação do time

“Está difícil, até mesmo porque a gente vem numa série de treinos físicos. A cabeça pensa, o corpo ainda não responde na mesma velocidade. Tivemos azar de pegar um campo pesado logo no início. A maior dificuldade é essa. Normal, é um jogo de preparação, para nós é o primeiro do ano, para eles é o quinto ou sexto, então se nota uma diferença de ritmo de jogo, a gente já tinha consciência de que isso ia acontecer. Temos de ir aos poucos para chegar bem na Libertadores”, analisou Ronaldinho.

O jogo

Vipcomm
Deivid fica de olho na saída de bola do Londrina no Estádio do Café


Mesmo com pouquíssimos torcedores no estádio, provavelmente em função da chuva que não parou de cair em Londrina desde quarta-feira, houve queima de fogos e Hino Nacional antes do início do amistoso. O time local, com maior número de torcedores presentes, começou melhor e por pouco não abriu o placar logo nos primeiros minutos, com duas belas defesas de Felipe primeiro em cobrança de falta de Arthur e depois em cabeçada de Rogério, aos 4 minutos.

O Flamengo, por sua vez, fazia o que foi pedido por Luxemburgo, tocando curto para chegar ao campo de ataque. Mas o campo pesado e a marcação justa do Londrina dificultavam o trabalho dos cariocas. O jogo ficou morno, com o time paranaense melhor nas ações ofensivas, ainda que sem conseguir ameaçar como nos primeiros minutos.

Vipcomm
Observado por Ronaldinho, Júnior César tenta jogada pela esqueda
Embora Deivid e Ronaldinho estivessem mostrando bom entrosamento e movimentação no ataque, o meio de campo congestionado tornavam difícil a missão de fazer a bola chegar até os dois em toques curtos. A partir dos 20 minutos, o Flamengo passou a virar o jogo com mais velocidade e chegar com mais perigo à área do Londrina, mas ainda sem chances reais. Aos 21, uma bela jogada de Ayrton pela direita. Ele levantou para Arthur emendar uma meia-bicicleta, mas a bola saiu por cima do gol de Felipe.

Nitidamente em melhor condição física, o Londrina dava trabalho toda vez que avançava em velocidade. A esta altura, Ronaldinho já ouvia gritos de “Gaúcho v...” da arquibancada. O Londrina continuou a ameaçar mais e explorar especialmente os contra-ataques, dando trabalho para a defesa carioca. Aos 43 minutos, o primeiro chute a gol do Flamengo. Luiz Antônio bateu forte, mas em cima do goleiro do Londrina. “Erramos passes, mas é normal, o campo está pesado, escorregadio”, comentou Júnior César ao deixar o gramado.

Para o segundo tempo, Luxemburgo mudou o time inteiro, promovendo a estreia dos recém-contratados Itamar e Magal. O lateral entrou bem na partida e deu mais velocidade ao time carioca. Aos 2 minutos, ele cruzou para Itamar, mas o atacante não conseguiu finalizar. Negueba lesionou o tornozelo esquerdo e teve de ser substituído por Camacho.

Veja também: Jogadores do Londrina tiram fotos com Ronaldinho

E, logo em sua primeira jogada, Camacho achou Itamar livre na área. O atacante teve boa visão e levantou para Botinelli, sozinho, cabecear para fora. Aos 18 minutos, Itamar, abusado, viu o goleiro do Londrina adiantado e tentou encobrir do meio da rua, mas Danilo defendeu. Aos 27 minutos, o aniversariante Paulo Victor saiu de forma atabalhoada do gol e por pouco não ganhou um presente de grego do Londrina.

Aos 30 minutos, falta na intermediária e boa oportunidade para Botinelli, que colocou no ângulo, sem defesa para Danilo. O Londrina ainda teve uma boa chance, também em falta da intermediária cobrada por Ayrton, mas Paulo Victor espalmou para escanteio. O time da casa ainda tentou pressionar no fim, mas o Flamengo soube administrar o resultado. Se não foi uma grande partida, pelo menos a vitória no primeiro jogo do ano deverá ajudar a melhorar o ambiente em Londrina.

FICHA TÉCNICA – LONDRINA 0 X 1 FLAMENGO
Local: Estádio do Café, em Londrina (PR)
Data: 12 de janeiro de 2012, na quinta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Zanon (PR)
Cartão amarelo: Júnior César e Vítor Hugo (Flamengo)
Renda: R$ 99.975,00
Público: 3.898 pagantes/ 4.214 total

GOL:
Flamengo: Bottinelli, aos 30 minutos do segundo tempo.

LONDRINA: Danilo; Ayrton, Fernando, Rogério e Wendell (Fabinho); Silvio, Bruno (Rodrigo Ribeiro), Serginho Paulista (Elias) e Rodrigo (Éverton); Arthur e Warlley (Joel).
Técnico: Cláudio Tencatti

FLAMENGO: Felipe (Paulo Victor), Léo Moura (João Felipe), Alex Silva (David Braz), Welinton (Gustavo) e Júnior César (Magal); Airton (Muralha), Willians (Vítor Hugo), Luiz Antônio (Botinelli) e Renato Abreu (Negueba, depois Camacho); Ronaldinho Gaúcho (Jael) e Deivid (Itamar).
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Vipcomm
Ronaldinho lamentou o gramado pesado por conta da chuva em Londrina

 

Leia tudo sobre: FlamengoLondrinaBottinelli

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG