Messi e Xavi, pelo time catalão, e Cristiano Ronaldo, pela equipe de Madri, serão as estrelas do clássico

AFP
Messi se livra de Cristiano Ronaldo e marca para o Barcelona no último confronto entre as duas equipes
Os arquirrivais espanhóis Real Madrid e Barcelona disputam neste sábado, no Estádio Santiago Bernabeu, em Madri (19h, horário de Brasília), o clássico de número 247 na história entre as equipes. Mas, além de brigar pela liderança do Campeonato Espanhol - o Real ocupa a primeira colocação, com 37 pontos ganhos, três a mais do que o tradicional rival -, o maior clássico da Espanha terá uma disputa particular entre os finalistas do prêmio de melhor jogador do ano pela Fifa. De um lado, estará o português  Cristiano Ronaldo , do Real Madrid , enquanto do outro estão o argentino Lionel Messi e o espanhol Xavi , do time catalão.

Leia mais: Mourinho se cala e manda auxiliar para a entrevista coletiva

A disputa pelo prêmio da entidade também é levada para o banco de reservas. O técnico do Real Madrid , José Mourinho e Josep Guardiola, do Barcelona , duelam junto com Alex Ferguson, do Manchester United pelo título de melhor treinador do ano. O português da equipe de Madri ficou com o prêmio na temporada passada.

Leia ainda: Adriano treina normalmente e deve reforçar o Barça no clássico

Com os olhares voltados para o embate deste sábado e já garantidas nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa , as duas equipes escalaram seus times reservas nos confrontos de meio de semana, mas mesmo assim venceram.

"Os dois times são muito bons, e quase sempre um detalhe, como ter uma boa tarde ou o fator campo, pode influenciar no resultado. Mas a realidade é que temos dois clubes que são os melhores da Europa", declarou Vicente del Bosque, técnico da seleção da Espanha.

Veja a classificação do Campeonato Espanhol

Após o grande clássico desse sábado, o Barcelona desviará suas atenções para o Mundial de Clubes da Fifa . O atual campeão da Liga dos Campeões da Europa estreia na próxima quinta-feira, dia 15, contra o vencedor do confronto entre Al-Saad, do Catar e Esperance, da Tunísia.

Mesmo jogando em casa, José Mourinho deve escalar uma equipe cautelosa contra o arquirrival, com: Casillas; Arbeloa, Sergio Ramos, Pepe e Marcelo; Xabi Alonso, Khedira e Lass Diarra; Dí Maria, Cristiano Ronaldo e Benzema. Já o Barcelona , precisa vencer para alcançar o rival na tabela e deve ir a campo com Valdés; Daniel Alves, Puyol, Mascherano e Abidal; Busquets, Xavi e Iniesta; Pedro, Messi e David Villa.

Os técnicos José Mourinho, do Real, e Guardiola, do Barcelona duelam pelo título de melhor técnico do ano
AFP
Os técnicos José Mourinho, do Real, e Guardiola, do Barcelona duelam pelo título de melhor técnico do ano

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.