Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco só empata com 'La U' e decide vaga em Santiago

Time chileno cala São Januário no segundo tempo, mas vitória simples dia 30 dá vaga na final aos cariocas

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

O Vasco desta vez não repetiu as boas atuações contra Aurora (Bolívia) e Universitario (Peru) e foi surpreendido pelo Universidad de Chile, na noite desta quarta-feira, em São Januário. O jogo valeu pela semifinal da Copa Sul-Americana, e, com o empate por 1 a 1, o time carioca precisa de uma vitória simples, dia 30, em Santiago, para chegar à final do torneio.

Novo placar de 1 a 1 leva a disputa para os pênaltis, e empate por dois ou mais gols também classifica os cariocas. Os chilenos se classificam com um 0 a 0.

Confira os jogos da Copa Sul-Americana

As atenções agora se voltam para o Campeonato Brasileiro. Vice-líder da competição, a equipe comandada por Cristóvão Borges enfrenta o Fluminense, no Engenhão. Com 65 pontos, o cruzmaltino pode dar adeus ao quinto sonho nacional (vencera em 1974, 89 97 e 2000) caso tropece diante do tricolor e o Corinthians (67) apenas empate em Florianópolis, contra o Figueirense.

O jogo
Foi a primeira vez que o Vasco escalou sua força máxima na primeira partida na competição. Antes, utilizava seus principais jogadores apenas no jogo de volta. Diante da força do adversário e agora do desejo de conquistar também o torneio – paralelamente ao Brasileiro -, Cristóvão ousou.

E ousou com uma formação bem ofensiva. Sem Eder Luis e Diego Souza, ele escalou Bernardo no ataque e no meio liberou Felipe e Juninho Pernambucano. Tanto que a primeira tentativa saiu dos pés do Reizinho da Colina, logo aos 2 minutos. Mas o goleiro Herrera defendeu.

O Vasco insistia sempre com as bolas paradas de Juninho e com os chutes de média e longa distâncias. O próprio Juninho, Allan e Fágner tentaram surpreender o goleiro da La U, mas a bola subiu. O time chileno era perigoso nos contra-ataques. E vez por outra envolvia a defesa vascaína chegando assustando.

AP
Bernardo vibra com o gol do Vasco contra a Universidad
O time passou a apostar nas jogadas pelas laterais do campo. Elton e Felipe tiveram boas chances de abrir o placar. Em uma das conclusões, Elton carimbou o travessão. Mas, de tanto insistir, o Vasco chegou ao gol. Alan cruzou para a área, a bola desviou em zagueiro e sobrou para Bernardo. O meia ajeitou e fuzilou no canto esquerdo de Herrera, que nada pôde fazer: 1 a 0.

O gol, porém, acordou o time chileno. O atacante Vargas, destaque da equipe adversária, assustou Fernando Prass.

As duas equipes voltaram para a segunda etapa com a mesma disposição. O Vasco não se acomodou com a vantagem, precisava de mais gols para ter tranquilidade no jogo de volta. Cristóvão não fez alterações e a pressão foi a mesma do começo da partida.

Felipe teve uma chance, mas isolou. Logo em seguida, com dores musculares, foi substituído por Fellipe Bastos. O time visitante não se entregou e a toda hora partia em bloco para a área vascaína. Diferentemente das rodadas passadas, Dedé não arriscou as subidas ao ataque. Nem podia. Vargas & cia. exigiram toda a atenção dele e de Renato Silva na defesa cruzmaltina.

Vasco quer o título. Confira a classificação do Brasileirão

Cristóvão trocou Elton por Alecsandro na tentativa de trabalhar melhor a bola na entrada da área. Ainda assim, em uma de suas raras idas ao ataque, Dedé quase marcou de cabeça após cruzamento na medida de Juninho. A partir da metade do segundo tempo, o La U equilibrou bem a partida. O Caldeirão de São Januário se calou por diversas, secando cada investida dos chilenos.

Mas não funcionou. Aos 33 minutos, González desviou uma falta cobrada da entrada da área. A bola encobriu Fernando Prass e morreu no fundo da rede pelo lado esquerdo: 1 a 1. O gol acendeu os chilenos, que passaram a mandar na partida e a sufocar os donos da casa. Mas, no fim, permaneceu o empate.

FICHA TÉCNICA - VASCO 1 X 1 UNIVERSIDAD DE CHILE
Data: 23 de novembro de 2011
Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Horário: 21h50 (horário de Brasília)
Árbitro: Antonio Arias (PAR)
Auxiliares: Rodney Aquino (PAR) e Carlos Cáceres (PAR)

GOLS:
Vasco: Bernardo, aos 33 minutos do primeiro tempo
Universidad de Chile: González, aos 33 do segundo tempo

Cartões amarelos: Mena, González, Jumar

VASCO: Fernando Prass; Fagner, Dedé, Renato Silva e Jumar; Rômulo, Allan (Leandro), Juninho Pernambucano e Felipe (Fellipe Bastos); Bernardo e Elton (Alecsandro)
Técnico: Cristovão Borges

UNIVERSIDAD DE CHILE: Herrera; Osvaldo González, Marcos González, Rojas e Eugenio Maia; Aránguiz (Marino), Marcelo Díaz, Lorenzetti (Rodríguez) e Castro (Acevedo); Vargas e Calanes
Técnico: Jorge Sampaoli

Entre para a Torcida Virtual do Vasco e comente as semifinais da Sul-Americana 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG