iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

25/12 - 11:00

Shaktar terá o reforço de Fernandinho contra a Roma
Meio-campista finaliza recuperação em Londrina e garante que em fevereiro estará em campo para a fase mata-mata da Liga dos Campeões da Europa

Altair Santos, iG Curitiba

Dez de setembro é passado para o meio-campista Fernandinho. Neste dia, atuando pelo Shaktar Donestk, da Ucrânia, o jogador sofreu dupla fratura na perna direita. A lesão inviabilizou futuras convocações para a seleção brasileira, mas Fernandinho avalia que outras chances virão em 2011.

Finalizando a recuperação em Londrina, o jogador demonstra otimismo para a próxima temporada. Ele garante que volta a atuar em fevereiro e acredita que o Shaktar não será adversário fácil de ser derrubado na Liga dos Campeões da Europa.  “Se isso ocorrer, novas convocações virão”, acredita. Fernandinho concedeu entrevista exclusiva por telefone. Confira:

iG: Quais os planos para 2011?
Fernandinho:
Meus planos para 2011? Boa pergunta. Primeiro, me recuperar completamente da lesão que tive, voltar a jogar o mais rápido possível e em fevereiro estar jogando contra a Roma, disputando o mata-mata da Liga dos Campeões, além de conquistar os títulos que eu tenho para disputar no Shaktar, que são a Copa da Ucrânia, o Campeonato Ucraniano e ajudar o time a ir o mais longe possível na Liga dos Campeões.

iG: Como está sua recuperação? Você fez a maior parte dela em Londrina ou na Ucrânia?
Fernandinho:
A maior parte da recuperação eu fiz na Ucrânia. Eu cheguei em Londrina tem uns vinte dias, mais ou menos, para fazer a parte final de fisioterapia. Agora vou entrar no processo de recuperar a parte física, pois a fratura já está totalmente consolidada. A meta é o mês que vem (janeiro) eu já estar treinando com bola e em fevereiro estar em campo jogando pelo Shaktar.

iG: Confia que possa ter nova chance na seleção brasileira?
Fernandinho:
Acho que a seleção brasileira vai depender muito do trabalho que eu fizer no Shaktar. Como eu disse, voltando a jogar em fevereiro, tendo uma seqüência boa, acredito que no futuro possa vir a ter uma nova oportunidade.

iG: Alguma possibilidade de retornar ao Brasil nas próximas temporadas?
Fernandinho:
É muito difícil, pois o meu pensamento é, se sair do Shaktar, ir para algum outro time da Europa. Voltar ao Brasil agora seria muito precoce.

iG: Como vê as chances do Shaktar na Liga dos Campeões da Europa? O time pode surpreender?
Fernandinho:
Eu acredito que sim. Nós já surpreendemos muitos que não esperavam que o Shaktar iria terminar a fase de grupos em primeiro, na frente do Arsenal. E agora, no mata-mata, todos sabem que se vacilar cai fora. O importante é permanecer atento e concentrado durante as duas partidas. É com este pensamento que vamos jogar este mata-mata das Liga dos Campeões, contra a Roma.

iG: Tem acompanhado o Atlético-PR, o que achou da campanha no Brasileiro?
Fernandinho:
Foi boa. Surpreendeu muita gente porque começou o campeonato mal, estava lá na zona de rebaixamento, e depois que o Carpegianni chegou ali deu uma ajeitada. Ele conseguiu arrumar o esquema tático do time e o Paulo Baier, acredito, foi o jogador mais decisivo do Atlético. 

iG: Você e o Jadson talvez estejam entre os brasileiros que há mais tempo estão na Europa, correto?
Fernandinho:
O Jadson vai completar seis anos em janeiro e eu estou completando seis anos e meio. É um bom tempo, mas acredito que existam outros jogadores que estão com o mesmo tempo ou até  há mais tempo que nós. O importante, porém, é que estamos fazendo um bom trabalho, conquistando títulos e conseguindo reconhecimento na Europa e no Brasil. A gente faz o que gosta, com alegria, e os bons resultados acontecem.

iG: Você imaginava que a adaptação à Ucrânia fosse tão boa?
Fernandinho:
Antes de eu sair do Brasil não imaginava tanto. Mas quando eu cheguei lá senti que seria mais fácil, porque no nosso time sempre teve muitos brasileiros. Isso ajuda muito aos que estão chegando.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Getty Images

Fernandinho

Fernandinho
Jogador do Shaktar chegou a ser convocado por Mano Menezes para a seleção brasileira

Topo
Contador de notícias