iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

04/12 - 16:33

Mancini deve anunciar saída do Guarani neste domingo

"A decisão já está tomada, mas não quero pensar nisso por enquanto. Vamos entrar em campo para fazer nosso melhor", disse o treinador

Gazeta Esportiva

Além de não ter conseguido evitar o rebaixamento do clube à Série B do Campeonato Brasileiro, o técnico Vágner Mancini não gostou dos protestos feitos pelos torcedores do Guarani em frente ao estádio do clube na última quinta-feira. Desgastado, ele está prestes a deixar o Bugre. A decisão deve ser anunciada no Engenhão, após o duelo contra o Fluminense.

"Temos um jogo importante e só vamos falar sobre esse assunto (saída do clube) no domingo, quando a partida acabar. A decisão já está tomada, mas não quero pensar nisso por enquanto. Vamos entrar em campo para fazer nosso melhor", disse o comandante, que já não estava satisfeito com os boatos sobre o possível envio de uma 'mala branca' do Corinthians a Campinas e ficou ainda mais contrariado com a atitude dos torcedores.

"Se fosse um protesto pacífico, tudo bem, poderiam vir todos os dias. Mas tudo tem limite, arranharam carros e jogaram pedras, é desagradável", reclamou. A visão do treinador foi corroborada pela diretoria da equipe campineira por meio de um comunicado oficial que repudiava o protesto.

Insatisfeitos com o rebaixamento, um grupo de integrantes de uma torcida organizada do clube se reuniu em frente ao Brinco de Ouro da Princesa para protestar e pedir que os jogadores entreguem o jogo para o Fluminense - até uma bandeira do time carioca foi levada ao local. Alguns jogadores e o supervisor de futebol Wilson Coimbra foram abordados de maneira agressiva, quando deixavam o local em seus carros.

Mancini chegou ao Guarani em abril de 2010 e tem acerto verbal para permanecer até dezembro de 2011. No início da competição, a equipe conquistou bons resultados e chegou a empolgar, mas a queda vertiginosa de rendimento provocou o descenso.

Leia mais:
Torcedores protestaram na quinta-feira


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias