iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/11 - 14:00

Experientes tentam tirar Avaí da zona da degola

Batista e Rafael são as armas do time de Santa Catarina na reta final do Campeonato Brasileiro

Gazeta Esportiva

Continuando a briga para fugir da zona da degola, o Avaí ganhou novo fôlego após a vitória sobre o Internacional no final de semana. Para continuar com chances de se manter na Série A do Brasileirão, o time conta com a experiência de dois antigos capitães do time, os experientes Batista e Rafael.

Batista, volante de 31 anos de idade, está no clube desde o acesso à Série A conquistado há duas temporadas, e era o capitão do time até ao chegada do técnico Vagner Benazzi, com quem foi relegado ao banco de reservas. Mesmo com a mudança prejudicial ao seu futebol, ele não pensa apenas em si e segue ajudando os companheiros da forma que sua experiência permite.

"Eu já venho contribuindo muito mesmo não entrando em campo. Procuro dar a força e apoio aos que jogam, tento orientar os mais jovens, e vou continuar fazendo isso", afirmou o jogador, ao jornal "Diário Catarinense".

Rafael, zagueiro que foi o capitão da equipe no título estadual deste ano e esteve também na campanha do acesso à Primeira Divisão, também perdeu o status de líder da equipe ao ficar de fora nas últimas rodadas, mas por conta de uma lesão no tornozelo. Recuperado, ele quer auxiliar o time na luta para não voltar à segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

"Quando acordo de manhã já penso na vitória. A gente trabalha para reverter a situação. Cabe a nós honrar o nosso nome, o nosso trabalho, o nosso clube, e permanecer na Primeira Divisão", contou, sendo endossado pelo companheiro de time. "Talvez as pessoas não saibam, mas nós sofremos tanto quanto os torcedores", afirmou Batista.

O Avaí enfrenta o Atlético Goianiense no próximo domingo (21), às 19h30 O time ainda tenta contar com o volante Bruno, que levou um gancho de três partidas pela expulsão contra o Goiás. Faltando um jogo a ser cumprido, o time tenta uma ação de efeito suspensivo para contar com o atleta.

Se a volta de Bruno é apenas uma possibilidade, os retornos de Rafael e os meias Válber e Davi e do atacante Roberto estão certos, todos liberados pelo departamento médico. No entanto, o time ainda poder ter dois desfalques: o próprio Davi e o zagueiro Emerson, expulsos contra o Corinthians, e que ainda serão julgados, podendo perder ainda mais partidas.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias