iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/11 - 21:27

Atlético-PR vence, encosta no G4 e tira invencibilidade de Luxemburgo no Flamengo

Paranaenses subiram quatro posições e agora estão no quinto lugar, dois pontos atrás do Botafogo. Flamengo segue sem se livrar matematicamente do rebaixamento

Gazeta Esportiva

Luxemburgo mudou o time, apostou no garoto Negueba e em nova formação com apenas dois atacantes. Não adiantou. Em jogo muito movimentado e cheio de boas oportunidades em Volta Redonda, o Atlético-PR venceu por 1 a 0 - gol de pênalti de Paulo Baier - e acabou com a invencibilidade do treinador à frente do Flamengo (eram duas vitórias e quatro empates).

Assista ao gol

Com o resultado, os paranaenses subiram quatro posições e agora estão no quinto lugar, com 53 pontos, dois a menos que o Botafogo, quarto colocado. Já o Flamengo segue sem conseguir afastar de vez o fantasma do rebaixamento e ocupa a 13ª colocação, com 40 pontos, quatro de vantagem em relação à degola.

Os quatro últimos adversários do Rubro-negro no Brasileirão são: Atlético-MG (fora), Guarani (em casa), Cruzeiro (em casa) e Santos (fora). Por sua vez, o Furacão ainda enfrenta Grêmio-SP (casa), Grêmio (fora), Ceará (fora) e Avaí (em casa).

O jogo - Com uma nova formação ofensiva, o Flamengo apresentou alguns minutos de bom futebol no começo da alucinante primeira etapa, mas não conseguiu transformá-las em gols. O garoto Negueba teve estreia razoável e não conseguiu servir a nova dupla de ataque de Luxemburgo, formada por Deivid e Val Baiano.

Logo em seu segundo minuto como profissional, o jovem recebeu de Val Baiano, tinha boas condições para finalizar e acabou errando por muito. Aos nove, foi a vez de Leo Moura chegar com perigo após boa jogada individual e bater cruzado, para fora.

Os paranaenses também chegaram. Aos 16, Vitor recebeu de Guerrón, obrigou Marcelo Lomba a fazer ótima defesa e também não conseguiu marcar no rebote. Aos 30, Guerrón cruzou para Nieto, que dominou e quase marcou em bonito chute cruzado.

Quando o relógio marcava 37 minutos, Nieto voltou a aparecer e foi derrubado por Maldonado. Pênalti que Paulo Baier bateu com muita força, no meio do gol, abrindo o placar.

Insatisfeito, Luxemburgo fez duas mudanças no intervalo: entraram Diego Maurício e Correa nas vagas de Deivid e Willians. O ritmo da partida diminuiu em relação à primeira etapa, mas o técnico do Flamengo continuou gesticulando e logo fez nova mudança, trocando Negueba por Marquinhos, gastando sua última alteração aos 13 minutos.

Aos poucos, os anfitriões foram começando a chegar com mais perigo. Aos 17, Renato recebeu da direita, cortou para o meio e chutou com perigo. Aos 25, ele aproveitou cobrança de escanteio de Leo Moura e cabeceou no travessão, para desespero de Luxemburgo.

Percebendo a melhora do oponente, Sérgio Soares começou a mudar sua equipe. Aos 18, Olberdam entrou no lugar de Deivid. Dez minutos depois, Ivan González deu lugar a Bruno Mineiro. Aos 34, na última cartada, Márcio Azevedo voltou ao time no lugar de Guerrón.

Insistente, o Mengão pressionou e criou sua melhor chance aos 40 minutos, quando Diego Maurício pegou a sobra, bateu de primeira e viu Neto fazer uma defesa espetacular. Os cariocas pressionaram até o final, mas não conseguiram furar o bloqueio armado pelo rival.

FICHA TÈCNICA
FLAMENGO 0 x 1 ATLÉTICO-PR

Local:
Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 7 de novembro de 2010, domingo
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: José Henrique de Carvalho (SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Márcia Lopes Caetano (Fifa-RO)
Cartões Amarelos: Renato, Deivid, Maldonado e Negueba (Flamengo); Ivan González, Nieto, Deivid e Paulinho (Atlético-PR)

Gols: ATLÉTICO-PR: Paulo Baier, aos 39 minutos do primeiro tempo.

FLAMENGO: Marcelo Lomba, Leonardo Moura, Wellinton, Ronaldo Angelim e Juan; Willians (Correa), Maldonado, Renato Abreu e Negueba (Marquinhos); Deivid (Diego Maurício) e Val Baiano
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

ATLÉTICO-PR: Neto; Wagner Diniz, Manoel, Rafael Santos e Paulinho; Deivid (Olberdam), Vitor, Paulo Baier e Ivan Gonzalez (Bruno Mineiro); Guerrón (Márcio Azevedo) e Nieto
Técnico: Sérgio Soares


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AE

Paulo Baier

Paulo Baier
De pênalti, veterano meio-campista decretou o triunfo atleticano em Volta Redonda

Topo
Contador de notícias