iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/10 - 17:07

Fiel protesta contra jogadores e decreta: "Tolerância zero"
Grupo de torcedores conversou com Elias, Roberto Carlos, William e Chicão, além do diretor de futebol Mario Gobbi

Gazeta Esportiva

A tarde de sexta-feira está sendo muito conturbada no Corinthians. Portando faixas de protesto, cerca de 60 torcedores foram ao CT Joaquim Grava e se mostraram revoltados contra a má situação do clube, que não vence uma partida no Campeonato Brasileiro há seis jogos e viu a briga pelo título se distanciar na reta final da competição.

Futura Press
Torcida está revoltada com sequência de seis partidas sem vitória no Brasileiro

Os cartazes levados pelos corintianos ao campo de treinamento continham ofensas a determinados jogadores, com os dizeres: "Acabou a paciência! Tolerância zero", "Souza fora, flamenguista safado" e "A Fiel repudia esses m...= Souza, Moacir, Alessandro e Danilo, pois são comédias". Os principais alvos foram os atletas que jogaram mal na derrota para o Vasco, na última quarta-feira.

Após algum tempo do lado de fora, soltando rojões e entoando os seus gritos de protesto, integrantes do grupo de aficionados conversaram com os jogadores Elias, Roberto Carlos, William e Chicão, além do diretor de futebol do clube, Mario Gobbi. Durante a ação, quatro viaturas da polícia chegaram ao local e observaram os manifestantes.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Futura Press

Torcida do Corinthians protesta no CT Joaquim Grava

Tolerância zero
Grupo de 60 torcedores compareceu ao CT Joaquim Grava para protestar

Topo
Contador de notícias