iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/10 - 18:22

São-paulinos destacam papel de Carpegiani em melhora da marcação
Após triunfo sobre o Vitória na primeira partida do novo treinador, atletas dizem que cobrança por marcação na frente foi principal diferença em relação a Baresi

Levi Guimarães, iG São Paulo

Embora os jogadores adotem cautela no discurso para evitar “queimar” o ex-treinador Sérgio Baresi, é possível perceber nas declarações dos são-paulinos que eles já percebem a diferença de trabalhar com um técnico mais experiente. Para eles, a maior contribuição de Paulo César Carpegiani nos primeiros dias de trabalho foi acertar a marcação no setor ofensivo do time.

“Todo mundo viu que teve uma mudança, principalmente na parte da marcação que começou lá do ataque. O Vitória chegava ali pra gente já quase morto, praticamente com a bola nos nossos pés. Foi essa a diferença, começamos a marcar lá no ataque”, afirmou o volante Jean, que voltou a ser improvisado na lateral-direita.

O jogador, no entanto, evitou criticar Baresi. “O Baresi até pedia, mas o que acontece é que o Paulo foi um pouco mais exigente, trabalhou dois dias só nessa área, na marcação lá em cima. Um treininho chato, que ninguém gosta, mas foi essencial. Trabalhando dois dias só nessa função nós pensamos bem e ficou gravado na nossa mente essa postura de marcação.

Para o atacante Fernandinho, que voltou ao time depois de mais de um mês se recuperando de lesão, o único aspecto negativo foi o cansaço consequente do forte ritmo no começo do jogo. “O objetivo principal é jogar para frente, em busca do gol. Foi o que ele [Carpegiani] mais falou na preleção. Claro que cansou um pouco, por começar o jogo de uma forma muito forte”.

O camisa 12, no entanto, diz estar disposto a se sacrificar ainda mais para continuar como titular. É o que aconteceria, por exemplo, se ele fosse escalado ao lado de Ricardo Oliveira (que volta de suspensão) e Fernandão (recuperado de um edema na panturrilha esquerda).

“Acho que conseguiria (jogar ao lado dos dois). Teria que me sacrificar um pouco na marcação, fechar no meio quando a bola estivesse do lado contrário. Mas não teria tanta dificuldade. Um pouco de sacrifício, mas creio que conseguiria sim”, disse o autor do segundo gol sobre o Vitória.

Para a partida de sábado contra o Grêmio Prudente, Carpegiani não poderá contar com Dagoberto, que recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso. Em compensação, passa a contar com Ricardo Oliveira e Fernandão. Com isso, a definição da dupla (ou trio) de ataque deve acontecer apenas depois do último treinamento para a partida, na manhã de sexta-feira.

Leia mais sobre: São Paulo Campeonato Brasileiro Jean Fernandinho

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias