iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

28/09 - 21:14

Palaia define "homem do vestiário" e cria nova diretoria para conter gastos
Wladimir Pescarmona, conselheiro que administrava o clube, cuidará do dia a dia do futebol para o presidente interino. Diretoria de orçamento nasce com missão de pagar salário atrasado dos atletas

Danilo Lavieri e Marcel Rizzo, iG São Paulo

O conselheiro Wladimir Pescarmona é o novo diretor de futebol do Palmeiras, “o homem do vestiário” que vai auxiliar o presidente interino, Salvador Hugo Palaia, no contato diário com comissão técnica e jogadores. Na reunião do Conselho Gestor criada por Palaia para comandar o clube na ausência do presidente Luiz Gonzaga Belluzzo, em licença médica, foi decidido também a criação de uma nova diretoria, a de orçamento, e que até sexta-feira os jogadores receberão parte dos direitos de imagem devidos.

“Dentre os nomes apresentados, o do Pescarmona foi o melhor encontrado para ser o home que vai conviver diariamente dentro do CT e viajar aos jogos”, disse Antonio Carlos Corcione, diretor jurídico que ao lado do conselheiro Fábio Raiola serão os assessores de Palaia para o futebol. Todos serão apresentados na quinta-feira, 14h30, na Academia de Futebol.

Gazeta Press
Salvador Hugo Palaia dá a camisa 10 para Valdívia na apresentação

Segundo o iG apurou, Palaia comandará o futebol centralizando as decisões. Pescarmona será um comandante de departamento bem diferente de Gilberto Cipullo, o antecessor. Não definirá contratações, dispensas ou orçamento, tudo isso fica a cargo do presidente interino.

A diretoria de orçamento criada precederá a diretoria financeira, ou seja, qualquer departamento que precisar comprar algo ou contratar alguém terá que se dirigir primeiro ao orçamento. Este aprova, ou não, e aí o financeiro libera o dinheiro. O diretor desta área já foi escolhido, mas como ele ainda não aceitou o convite o nome não foi divulgado.

Remanejamento
Mais mudanças decididas pelo Conselho Gestor: José Cyrillo Jr. volta a ser diretor administrativo, cargo que ocupou no mandato de Affonso Della Monica, até 2008, e que atualmente era de Pescarmona. Na diretoria de planejamento fica Luiz Henrique Fronterota, braço direito de Cyrillo. “Vou continuar tratando do projeto da Arena, mesmo mudando de cargo”, disse Cyrillo ao iG.

Cyrillo foi quem garantiu que até sexta um mês de direito de imagem de todos os jogadores que não receberam será pago. Alguns não recebem há quatro meses, como Lincoln, mas só terão tudo quitado quando o clube conseguir um empréstimo, tratado pela antiga diretoria, que terá o andamento mantido pelos novos dirigentes.

O Conselho Gestor é formado por Palaia, pelos demais vice-presidentes, Clemente Pereira Júnior., Gilberto Cipullo e Edvaldo Frasson Teixeira, o diretor de futebol Wlademir Pescarmona, o diretor financeiro Francisco Busico, o diretor administrativo José Cyrillo Jr. e os assessores especiais da presidência Fabio Raiola, e Antonio Carlos Corcione. Cipullo, apesar de não ter participado da reunião, será mantido por ser vice-presidente eleito, mesmo que não participe ativamente. O único que recusou o convite foi o conselheiro Seraphim Del Grande.


Leia mais sobre: Palmeiras Pescarmona Palaia

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias