iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

22/09 - 23:58

De virada, Corinthians vence Santos na Vila e garante liderança do Brasileiro
Neymar marcou um gol, o Santos esteve vencendo a partida por duas vezes no placar, mas o Corinthians virou o jogo para 3 a 2 e garantiu a liderança da competição. Veja os gols no vídeo abaixo 

Bruno Winckler e Samir Carvalho, iG São Paulo

O Corinthians esteve perdendo duas vezes no placar, mas conseguiu a virada e venceu o Santos por 3 a 2, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado positivo fora de casa, o time do técnico Adilson Batista garantiu a liderança da competição nesta rodada, pois não pode ser alcançado pelo Fluminense, que enfrenta o Atlético nesta quinta-feira, no Engenhão.

Com o triunfo, o Corinthians chega aos 47 pontos, três a mais que o Cruzeiro, segundo colocado. Já o Santos desceu para sétima colocação, com 34 pontos ganhos. Os gols do Corinthians foram marcados por Iarley, Elias e Paulo André. No Santos, Durval e Neymar marcaram no primeiro tempo.

Gazeta Press
Paulo André corre para comemorar gol da vitória sobre o Santos, ao lado de Willliam

Após a demissão do técnico Dorival Júnior, o atacante Neymar foi escalado como titular no clássico contra o Corinthians. O jogador correu bastante, arriscou dribles, sofreu faltas e marcou o segundo gol do Santos no duelo contra o arqui-rival. Porém, não conseguiu evitar a derrota.

O técnico interino Marcelo Martelotte não escalou em campo o time divulgado por Dorival Júnior, na última terça-feira, no CT Rei Pelé, antes do treinador ser demitido pela diretoria do clube. Além de Neymar na escalação, o ex-goleiro preferiu jogar com três volantes e escalou Alex Sandro na vaga de Alan Patrick.

No Corinthians, o técnico Adilson Batista não pôde contar com o volante Ralf, que não se recuperou de uma lesão no tornozelo esquerdo e desfalcou o time no terceiro jogo seguido. O treinador optou por colocar Boquita, que não teve boa atuação e abusou de errar passes.

Após o duelo contra o Corinthians, o Santos enfrenta o Cruzeiro, no próximo sábado, na Arena Barueri, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe treinada por Adilson Batista joga contra o Internacional, no próximo domingo, no Estádio da Beira Rio, em Porto Alegre.

Vídeo: Os gols da Vila Belmiro



O jogo - veja lance a lance e torcedores do Tempo Real
A partida começou e todas as atenções estavam voltadas para Neymar, que foi o pivô da demissão de Dorival Júnior no Santos. E a primeira jogada de ataque foi do camisa 11, que provocou um escanteio. Na cobrança, a bola sobrou para o zagueiro Durval, que abriu o marcador aos dois minutos de jogo.

No entanto, o Corinthians não demorou a dar o troco. Aos nove minutos, o volante Jucilei fez uma grande jogada, driblou dois marcadores e tocou para Iarley, que tocou rasteiro na saída de Rafael para empatar a partida. Após o gol de empate, o Corinthians equilibrou o jogo e começou criar jogadas de ataque. Porém, foi no contra-ataque que os visitantes tiveram a chance de marcar o segundo gol. Bruno César ficou sozinho na frente de Rafael, mas adiantou a bola e perdeu a oportunidade.

Já o Santos não perdeu a chance obtida. Aos 27 minutos, Marcel chutou forte e cruzado, o goleiro Julio Cesar deu o rebote e Neymar colocou os donos da casa na frente do marcador. Cinco minutos depois, em outra boa jogada do camisa 11, o Santos quase ampliou o marcador. Danilo chutou de dentro área e Julio Cesar fez grande defesa.

Aos 34 minutos, o zagueiro Bruno Aguiar torceu o pé, insistiu ficar em campo, mas não conseguiu. O jovem Rafael Caldeira entrou no lugar do camisa 2. Quando o Santos estava melhor na partida, o meia Bruno César lançou Elias, que tocou na saída do goleiro Rafael para empatar o jogo no final do primeiro tempo.

Na segunda etapa, Neymar driblou Boquita, que fez uma falta violenta e recebeu o primeiro cartão amarelo do jogo. Na sequência, o camisa 11 do Santos passou por Paulo André, que derrubou o atacante e também recebeu o cartão. Aos 15 minutos, os treinadores mexeram na equipe. No Corinthians, Moacir entrou no lugar de Boquita, que teve uma participação infeliz no jogo: errando muitos passes e perdido na marcação. No Santos, Marcelo Martolette abandonou os três volantes com a saída de Alex Sandro para a entrada de Alan Patrick.

Não satisfeito, Adilson Batista mexeu novamente. Danilo entrou na vaga de Bruno Cesar. A mudança deu resultado. Aos 24 minutos, Jorge Henrique fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Danilo, que ajeitou a bola para o zagueiro Paulo André virar o marcador.

Depois do gol do Corinthians, os treinadores fizeram as últimas alterações. No Santos, Madson entrou na vaga de Marquinhos, que mais uma vez teve uma participação apagada em campo. Já Adilson Batista colocou Leandro Castan no lugar de Roberto Carlos. No final da partida, Pará fez uma falta violenta em Jorge Henrique e quase provocou uma briga generalizada entre os jogadores. No entanto, o Santos não teve a mesma reação do Corinthians e perdeu o jogo por 3 a 2.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 2 x 3 CORINTHIANS

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 22 de setembro de 2010, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS)
Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (BA) e Carlos Berkenbrock (SC)
Renda: R$ 376.150,00
Público: 10.898 pagantes
Cartões amarelos: Boquita e Paulo André (Corinthians)

Gols:
Santos: Durval, a 1 minuto e Neymar, aos 26 minutos do primeiro tempo
Corinthians: Iarley, aos 7 minutos e Elias aos 42 minutos do primeiro tempo; e Paulo André, aos 24 minutos do segundo tempo
 
SANTOS: Rafael, Pará, Bruno Aguiar (Rafael Caldeira), Durval, Léo; Arouca, Danilo, Alex Sandro (Alan Patrick), Marquinhos (Madson); Neymar e Marcel. Técnico: Marcelo Martelloti

CORINTHIANS: Júlio César; Alessandro, William, Paulo André e Roberto Carlos (Luciano Castan); Boquita (Moacir), Jucilei, Elias e Bruno César (Danilo); Jorge Henrique e Iarley Técnico: Adílson Batista


Leia mais sobre: corinthians santos campeonato brasileiro

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AE

Roberto Carlos e Neymar

Cada vez mais líder
Neymar até deixou sua marca, mas Santos não resistiu à força corintiana na Vila Belmiro

Topo
Contador de notícias