iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

19/09 - 15:57

Barcelona se recupera e bate o Atletico de Madrid. Messi se machuca

Messi e Piqué marcaram para o Barcelona, enquanto Raul Garcia fez para o Atlético. No final da partida, Ujfalusi fez falta em Messi, que deixou o campo chorando

Gazeta Esportiva

O Barcelona venceu neste domingo o Atlético de Madrid por 2 a 1, fora de casa, e conseguiu se recuperar da derrota para o Hércules na rodada passada. Os gols foram marcados pelo argentino Lionel Messi e pelo zagueiro Gerard Piqué, enquanto Raul Garcia descontou para o clube da capital espanhola. A nota triste do duelo ficou por conta da lesão de Messi, que saiu de campo chorando já nos acréscimos da partida.

AFP
Messi com cara de dor depois de sofrer falta dura no final da partida

Com o triunfo, o time da Catalunha voltou a sair vitorioso do estádio Vicente Calderón, após três temporadas de insucessos no campo rival, e alcançou o próprio Atlético na classificação, com seis pontos, perdendo no saldo de gols (4 a 2)

Agora, o Barcelona recebe o Sporting Gijón no Camp Nou, na próxima quarta-feira, enquanto o Atlético faz o jogo mais esperado da próxima rodada, quando enfrenta o Valencia, fora de casa.

O jogo 
A partida começou equilibrada, mas com o time visitante mostrando já o seu estilo de toque de bola. Aos 12 minutos, o Barcelona enfim demonstrou toda a sua habilidade. Primeiro Messi lançou Villa, que tirou muito bem do goleiro, mas acabou acertando a trave de De Gea. No rebote, Pedro enxergou o próprio Messi entrando livre e lançou o argentino que, com um toque sutil, tirou do arqueiro e inaugurou o marcador.

Aos 24, após cobrança de escanteio de Simão, Valdez saiu mal do gol e viu Raul Garcia se antecipar e cabecear a bola para o fundo da rede do visitantes. Oito minutos depois, o Barcelona deu o troco. Escanteio cobrado da esquerda e o zagueiro Piqué demonstrou enorme categoria, matando a bola no peito e chutando forte para o gol, marcando o segundo dos catalães.

Na volta do intervalo, a equipe da Catalunha seguiu pressionando, e antes dos cinco minutos de jogo já tinha ameaçado a meta de De Gea em duas oportunidades, com Xavi e Messi, que pararam em boas defesas do arqueiro colchonero. Depois da pressão inicial, a partida foi se arrastando, com poucas investidas de ambos os lados.

O Barça ainda ameaçou em um belo chute de Villa que o goleiro do Atlético defendeu de mão trocada. No lance seguinte, o mesmo Villa cabeceou para outra boa defesa do arqueiro rival. No terceiro duelo Villa-De Gea, mais uma vez a torcida madrilenha saiu feliz, quando o jovem de 19 anos abafou boa chegada do centroavante. Após o lance, o artilheiro foi substituído por Keita.

Aos 35 da etapa final, os donos da casa conseguiram chegar na meta de Valdez. Simão rolou a bola para Reyes, que bateu colocado no canto esquerdo, mas a bola balançou a rede pelo lado de fora. Após o lance, o Atlético iniciou uma pressão sobre os atuais campeões, mas não conseguia furar o bloqueio defensivo do rival.

Aos 40, em contra-ataque, Messi saiu na cara do goleiro, mas chutou em cima de De Gea, perdendo chance incrível de matar o jogo. A chance, porém, não fez muita diferença, já que o Barça manteve a posse de bola até o final e não foi ameaçado. O único acontecimento foi uma dura entrada de Ujfalusi no argentino, que fez Messi sair de campo chorando do gramado.

Confira a terceira rodada do Campeonato Espanhol:

Sábado:
Mallorca 2 x 0 Osasuna
Espanyol 1 x 0 Almería
Sporting Gijón 2 x 2 Athletic Bilbao
Real Sociedad 1 x 2 Real Madrid

Domingo:
Racing Santander 2 x 0 Zaragoza
Hércules 1 x 2 Valencia
Levante 1 x 2 Villarreal
Atlético Madrid 1 x 2 Barcelona
Málaga 1 x 2 Sevilla

Segunda-feira
16h00 - Deportivo La Coruña x Getafe


Leia mais sobre: Messi Barcelona Atlético de Madrid

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AFP

Messi disputa a bola contra o Atlético de Madrid. Um gol e lesão no final

Messi
Argentino disputa a bola contra o Atlético de Madrid. Um gol e lesão no final

Topo
Contador de notícias