iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/09 - 21:13

Santos assume "revolta" de Dorival e busca convencê-lo a aceitar presença de Neymar
Vice-presidente do clube confirma que treinador exigiu afastamento de Neymar e ameaçou pedir demissão

Samir Carvalho, iG São Paulo

O Santos espera que Neymar e Dorival Júnior estejam presentes no jogo contra o Guarani, neste domingo, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. No entanto, o vice-presidente do clube, Odílio Rodrigues, adiantou que os dirigentes santistas estão tentando convencer o treinador a permanecer no cargo, além de fazê-lo aceitar a punição inicial ao atleta, que foi punido apenas em 30% do salário.

Odílio Rodrigues, inclusive, deixou claro que a diretoria santista tomou a decisão correta em punir o jogador apenas em parte dos seus vencimentos. Desta forma, a situação continua sem desfecho, já que segundo informações apuradas pelo iG, o treinador exigiu o afastamento de Neymar por 15 dias e ameaçou pedir demissão do cargo de treinador do Santos.

"Compreendemos a postura do Dorival com base do que aconteceu no jogo. No momento estamos em tratativas para contornar a situação. Vamos trabalhar para que o desfecho seja o melhor possível. A diretora entende que já fez o que é de sua responsabilidade, agiu com boa intenção (sobre a punição de Neymar). Agora estamos trabalhando para que o Neymar jogue domingo e o Dorival comande o time", afirmou o vice-presidente do clube.

Apesar da confirmação do vice-presidente do Santos, o técnico Dorival Júnior negou que esteve reunido com os dirigentes do clube nesta sexta-feira, no CT Rei Pelé, para resolver a situação. Porém, o comandante santista não quis confirmar a escalação de Neymar no jogo contra o Guarani.

"Não houve reunião nenhuma. Eu não seria louco de colocar o cargo à disposição com dois anos de contrato e uma multa (de rescisão contratual) considerável. Comando o treino normalmente. Não quero falar se o Neymar viaja ou não para Campinas (para a partida contra o Guarani), mas ele treina normalmente amanhã (neste sábado). Vocês (da imprensa) só saberão se ele viaja ou não quando eu liberar a lista de relacionados", disse Dorival Júnior à rádio Cultura de Santos.

Dorival Júnior não comandou o treino da equipe nesta sexta, mas foi ao gramado para conversar com os jogadores. Em seguida, o treinador se dirigiu ao Hotel Recanto dos Alvinegros e cancelou a entrevista coletiva, que estava agendada para esta sexta-feira, no CT Rei Pelé. A assessoria de imprensa do clube alegou que o treinador estava com indisposição estomacal. 


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AE

us ceara x santos dorival jr

Dorival Júnior
Treinador discutiu com Neymar no último jogo do Santos, a vitória sobre Atlético-GO na Vila Belmiro

Topo
Contador de notícias