iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

21/08 - 13:35

Em "casa", Edcarlos sonha com o título brasileiro pelo Cruzeiro

Zagueiro chegou ao clube apenas no último mês de julho, mas garante estar completamente adaptado

Gazeta Esportiva

Contratado no mês passado, o zagueiro Edcarlos chegou ao Cruzeiro, conquistou a confiança da comissão técnica e assumiu a titularidade da zaga celeste. Demonstrando estar completamente adaptado ao novo clube, o defensor garante que o ambiente na Toca da Raposa II foi fundamental para que ele se sentisse à vontade.

"Quando cheguei, só conhecia o Thiago Ribeiro. É natural a gente ficar um pouco perdido no início, mas a forma como fui recebido foi fundamental para que eu me entrosasse. E isso não aconteceu somente comigo. Todos os jogadores que chegam ao clube são tratados dessa maneira. Isso ajuda bastante e reflete dentro de campo", revela Edcarlos.

Sentindo-se em casa, o zagueiro acredita que a Raposa está no caminho certo para alcançar seus objetivos na temporada. "Nossa intenção e chegar ao topo, ser campeão, mas sabendo da dificuldade que é conquistar o titulo brasileiro. Temos que manter os pés no chão e continuar trabalhando duro, da forma como estamos fazendo. Primeiramente, pensar no título e, se não der, conseguir vaga na Libertadores", planeja.

Revelado pelo São Paulo, Edcarlos tem 25 anos, mas já rodou bastante no mundo do futebol. O jogador deixou o Tricolor paulista para defender o Benfica-POR, voltou ao Brasil para vestir a camisa do Fluminense e, antes de chegar à Toca II, estava no Cruz Azul, do México. Para ele, as condições de trabalho oferecidas pelo Cruzeiro, permitem, inclusive, traçar metas pessoais que fazem parte do imaginário de qualquer atleta.

"O Cruzeiro dá toda a estrutura para se fazer um trabalho. Tenho certeza de que, se conseguir fazer o meu melhor dentro de campo, não somente eu vou sobressair como o trabalho de todos os jogadores será destacado. Mesmo aqueles que passaram por outros clubes e não conseguiram uma ascensão maior. Tenho certeza de que, conseguindo posições satisfatórias aqui, como o título ou a Libertadores, todos vão se valorizar muito mais", enfatiza.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias