iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/08 - 20:31

São Paulo e Atlético-PR não empolgam e ficam no empate

Time paulista abriu o placar, mas Maikon Leite empatou o jogo e o jogo terminou 1 a 1 na Arena Baixada

Gazeta Esportiva

Sem conseguir deslanchar no Campeonato Brasileiro, Atlético Paranaense e São Paulo voltaram a apresentar um futebol ruim e não passaram de um empate por 1 a 1 neste domingo, na Arena da Baixada. O time paranaense, que continua sem perder para o adversário paulista em seu estádio, fica com a 15ª posição, com 14 pontos, perigosamente próximo da zona de rebaixamento. Já o São Paulo, com 16 pontos, assumem a 12ª colocação.

Depois de um primeiro tempo sem bola no fundo das redes, após o intervalo o Atlético-PR parecia estar próximo de abrir o placar, mas quem saiu na frente foi o São Paulo, com Cléber Santana, que aos 22 minutos, aproveitou boa jogada e cruzamento de Marlos. Aos 27 minutos, em jogada individual, Maikon Leite penetrou na defesa e mandou a bomba para o gol, deixando tudo igual.

Na próxima rodada, o Atlético Paranaense vai a São Paulo, onde enfrenta o Palmeiras, no Estádio do Pacaembu. Já o São Paulo volta a campo no domingo, quando recebe o Cruzeiro, no Estádio do Morumbi.

Veja os gols do jogo

O jogo 
O Atlético-PR começou pressionando e, logo no primeiro minuto, após falha gritante da zaga paulista, Guerrón apareceu na cara do gol e tocou pela linha de fundo, perdendo uma grande oportunidade. Aos três minutos, Paulo Baier, na conhecida cobrança ensaiada de escanteio, bateu fechado e depois de desvio ninguém aproveitou. O Atlético-PR dominava aposse de bola e marcava bem o adversário.

Porém, logo em sua primeira chegada mais contundente, o São Paulo quase abriu o placar, aos 13 minutos, com Ricardo Oliveira, que chutou forte, no travessão, com a participação do goleiro Neto. O São Paulo errava demais, mas o time da casa não conseguia armar boas jogadas de ataque. Aos 26 minutos, Guerrón lançou Paulo Baier, que não teve domínio, já na entrada da área.

Depois de alguns minutos sem emoção, o Atlético-PR voltou a levar perigo aos 28 minutos, com uma cabeçada fulminante de Manoel que Rogério Ceni defendeu. Aos 30 minutos, Baier cobrou fará e a bola passou raspando a trave esquerda. Aos 35 minutos, Nieto recebeu um passe açucarado e fuzilou para grande defesa de Rogério Ceni. Aos 42 minutos, o argentino, que pouco apareceu, teve nova chance em toque de cabeça por cima da meta.

No segundo tempo, assim como aconteceu no início da partida, o Atlético-PR partiu para a pressão. No primeiro lance, Paulinho fez o levantamento e Paulo Baier desviou para nova boa defesa de Ceni. Aos seis minutos, a bola sobrou para Guerrón na área e o equatoriano foi travado. O festival de passes errados atrapalhava os dois times, que continuavam sem conseguir criar.

Tentando colocar sangue novo no time, o técnico Paulo César Carpegiani apostou nas estradas de Maikon Leite e Mithyuê. Aos 19 minutos, Maikon Leite foi lançado, dominou, mas adiantou demais, se conformando apenas com um escanteio. O São Paulo mostrou que não estava morto no jogo e, aos 22 minutos, Cléber Santana aproveitou jogada de Marlos e rebote de Neto para empurrar para as redes. A festa não durou muito, já que, aos 27 minutos Maikon Leite invadiu a defesa e fuzilou para o fundo do gol.

Logo após o empate, Manoel recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, deixando o time da casa com um jogador a menos em campo. Aos 32 minutos, novo cruzamento de Marlos para Cleber Santana e Neto salvou com uma boa defesa. Aos 39 minutos, Paulo Baier cobrou falta na área e a defesa afastou o perigo. Aos 44 minutos, Calinhos Paraíba apareceu com liberdade e Neto deixou a meta para garantir o resultado.

FICHA TÉCNICA: ATLÉTICO-PR 1 x 1 SÃO PAULO

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 08 de agosto de 2010, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Gutemberg De Paula Fonseca (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (Fifa-RJ) e Marco Aurelio S. Pessanha (RJ)
Cartões amarelos: Manoel (Atlético-PR); Samuel, Miranda, Ricardo Oliveira, Cléber Santana (São Paulo)
Cartão vermelho: Manoel (Atlético-PR)
Gols: ATLÉTICO-PR: Maikon Leite, aos 27 minutos do segundo tempo
SÃO PAULO: Cléber Santana, aos 22 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-PR: Neto; Leandro (Branquinho), Manoel, Rhodolfo e Paulinho; Vitor, Chico, Paulo Baier, Guerrón (Mithyuê) e Netinho (Maikon Leite); Nieto
Técnico: Paulo César Carpegiani

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Renato Silva (Carlinhos Paraíba), Miranda e Samuel; Jean, Rodrigo Souto, Cleber Santana, Marlos (Marcelinho) e Junior Cesar; Fernandão (Fernandinho) e Ricardo Oliveira
Técnico: Milton Cruz


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AE

Fernandão bola

Chico e Fernandão
Atlético-PR e São Paulo só fizeram gols no segundo tempo e não conseguiram vencer

Topo
Contador de notícias