iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/08 - 18:03

STJD nega efeito suspensivo por Leão e Rafael Moura

Técnico e atacante do Goiás seguirão suspensos até que o julgamento do recurso pela punição impetrada a eles seja realizado

Gazeta Esportiva

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) indeferiu, nesta sexta-feira, o pedido de efeito suspensivo para o técnico Leão e o atacante Rafael Moura pedido pelo departamento jurídico do Goiás. Assim, ambos seguirão suspensos até que o julgamento do recurso pela punição impetrada a eles seja realizado. Ainda não há data marcada.

Leão e Rafael Moura foram suspensos por conta da confusão protagonizada após empate por 2 a 2 contra o Vitória, pelo Campeonato Brasileiro. O treinador se desentendeu com um repórter de uma rádio local e o atacante acabou acertando um soco no jornalista, derrubando-o. O caso foi parar na delegacia.

Julgados na última terça-feira, os dois foram punidos. Leão pegou suspensão de três jogos, dos quais apenas um foi cumprido. Já Rafael Moura pegou gancho de seis partidas, restando cinco a serem cumpridas. Como a questão diz respeito a competições nacionais, puderam participar do empate por 1 a 1 com o Grêmio, pela Copa Sul-americana.

Os advogados do Goiás afirmam que nenhum dos dois iniciou a confusão e, por isso, não mereciam punição tão drástica. Além disso, Rafael Moura seria réu primário e Leão sequer teria acertado o radialista. Ambos desfalcarão o Goiás neste domingo, quando o time pega o Palmeiras às 16 horas (de Brasília), no Estádio Serra Dourada, pelo Brasileirão.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias