iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

22/07 - 22:59, atualizada às 00:32 23/07

Fora de casa, Ceará empata com o Guarani e segue entre os primeiros

Time visitante saiu na frente, mas não conseguiu segurar a vantagem e acabou sofrendo o gol de empate no Brinco de Ouro. Assista aos gols no vídeo abaixo

Gazeta Esportiva

No Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, Guarani e Ceará empataram por 1 a 1 em jogo de poucas emoções. A igualdade foi mais proveitosa para o Ceará, que termina a 10ª rodada do Campeonato Brasileiro na zona de classificação à Libertadores, em terceiro lugar, com 19 pontos conquistados.

Já o Guarani tem motivos para lamentar os pontos perdidos em casa: a equipe tinha a chance de se aproximar das primeiras colocações, mas termina a rodada em 8º lugar, com 14 pontos.

Após um primeiro tempo muito fraco, o futebol apresentado pelos times melhorou no segundo tempo e as redes finalmente balançaram. O Ceará abriu o placar com um golaço de Ernades, aos oito minutos. Aos 30 minutos, os donos da casa empataram com gol de cabeça de Ricardo Bueno.

Na próxima rodada, as duas equipes encaram grandes paulistas. O Bugre terá páreo duro contra o Corinthians, no Pacaembu. O jogo será realizado às 18h30 (de Brasília) do próximo domingo. Ao mesmo tempo, o Ceará recebe o Palmeiras, no Castelão.



O jogo - veja como foi, lance a lance, a partida no Brinco do Ouro
O Guarani entrou em campo com modificações nas duas laterais. Na direita, Apodi ganhou a vaga de Rodrigo Heffner para deixar a equipe mais ofensiva, segundo o técnico Vágner Mancini. Na esquerda, Márcio Careca voltou de suspensão e mandou Da Silva de volta para o banco.

Já Estevam Soares escalou todos os considerados titulares do Ceará, que aproveitou-se do bom entrosamento para explorar os espaços deixados pelos alas do rival no começo do jogo, principalmente pelo lado esquerdo da defesa anfitriã.

Aos poucos, o Guarani acertou a marcação e equilibrou o jogo, o que não foi suficiente para levantar a torcida nas arquibancadas. Marcado por erros de passe, chutões e faltas, o primeiro tempo não reservou grandes emoções aos amantes do futebol: a única boa chance foi de Ricardo Xavier, que cobrou falta na entrada da área e obrigou Diego a fazer bonita intervenção.

O mau futebol apresentado fez o técnico Estevam Soares reclamar na saída para o intervalo: "Precisamos jogar um pouco mais. Estamos rifando muito a bola", comentou, antes de promover a entrada de Tony na vaga de Geraldo.

No segundo tempo, o cenário mudou completamente. Logo aos cinco minutos, Mário Lúcio recebeu pela direita, mas foi desarmado na hora exata do chute. A resposta veio em grande estilo, com um golaço de Ernandes, que recebeu na entrada da área, deixou Apodi deitado no gramado e acertou o ângulo do goleiro Douglas, abrindo o placar para o Ceará.

Logo na sequência, Mancini fez duas mudanças no Ceará, colocando Baiano e Geovane nas vagas de Mário Lúcio e Preto. Depois, Rodrigo Heffner ganhou a posição de Apodi. A equipe da casa ficou mais ofensiva, ganhou terreno e passou a assustar o goleiro Diego, que não teve como evitar o gol de empate, marcado por Ricardo Xavier, de cabeça, aos 29 minutos.

Após a igualdade, o Guarani continuou buscando o ataque e o Ceará preferiu recuar e se defender. Resultado: poucas chances criadas, poucas emoções e empate mantido.

FICHA TÉCNICA: GUARANI 1 X 1 CEARÁ

Local:
Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP)
Data: Quinta-feira, 22 de Julho de 2010
Horário: 21h (de Brasília)
Renda:
Público:
Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RS)
Assistentes: José Antônio Chaves Franco Filho, José Javel Silveira (ambos do RS)
Cartões Amarelos: Ricardo Xavier, Mazola e Fabão (Guarani); Anderson, Ernandes e Geraldo (Ceará)

Gols: CEARÁ: Ernandes, aos oito minutos do segundo tempo. GUARANI: Ricardo Xavier, aos 29 minutos do segundo tempo.

GUARANI: Douglas, Apodi (Rodrigo Heffner), Fabão, Ailson e Marcio Careca; Renan, Paulo Roberto, Mário Lúcio (Baiano) e Preto (Geovane); Mazola e Ricardo Xavier
Técnico: Vágner Mancini

CEARÁ: Diego; Oziel, Anderson, Fabrício e Ernandes; Michel, Careca, João Marcos e Geraldo (Tony); Misael e Washington (Wellington Amorim)
Técnico: Estevam Soares


Leia mais sobre: Ceará Guarani

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Futura

ceara e guarani empatam

Lance no Brinco de Ouro
Empate fora de casa é bom resultado para a equipe nordestina, que soma ponto importante no Brasileirão

Topo
Contador de notícias