iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/06 - 14:20

Com festa, Vasco apresenta meia Felipe, que veste a camisa 6
Fora de campo a diretoria ainda procura reforços para se juntarem a Felipe e ao lateral-direito Irrazábal, outra contratação

Gazeta Esportiva

Uma festa que reuniu mais de mil torcedores na manhã de quarta-feira, em São Januário, no Rio de Janeiro serviu para que a diretoria do Vasco apresentasse oficialmente o meia Felipe, de 32 anos, sua grande contratação para a sequência do Campeonato Brasileiro. Apesar de armador, o jogador recebeu a camisa 6, por ter começado no clube como lateral-esquerdo.

O apoiador foi recebido pelo mascote Almirante na porta do clube e entrou no gramado levando à loucura à torcida que levou diversas faixas com palavras de incentivo ao jogador, revelado nas categorias de base do clube e que estava atuando no futebol do Catar.

Ao entrar no gramado Felipe foi recepcionado pelo presidente Roberto Dinamite e pelo ex-jogador Pedrinho, que atuou com ele no grande time do Vasco no fim da década de 90, conquistando o Campeonato Brasileiro em 1997 e 2000 e a Copa Libertadores de 1998. Felipe e Pedrinho ganharam título de sócio pelos grandes serviços prestados ao Vasco.

Após posar para fotografia com cerca de 50 torcedores, sorteados pelo departamento de Marketing do Vasco, Felipe, que estava acompanhado do filho, concedeu uma entrevista coletiva. O jogador revelou que ficou emocionado com a festa preparada pelos dirigentes.

"Estou um pouco emocionado por estar voltando para a casa e encontrar o porteiro, os funcionários, todos que me viram crescer aqui no clube. Não sentia esse calor humano há muitos anos e aqui é a minha casa", revelou o ídolo.

Mesmo com proposta de outros clubes do futebol brasileiro, Felipe afirmou que a escolha pelo Vasco teve como fator determinante a sua identificação com o time de São Januário.

"A minha identificação com o Vasco não pode ser comparada com nenhum outro clube e por isso decidi vir para cá. O meu pensamento neste momento é fazer o máximo pelo time dentro de campo. Tenho uma história vencedora aqui dentro e espero acrescentar mais títulos a essa história", afirmou Felipe, que deixou o Vasco há oito anos rumo ao futebol europeu. Depois disso ele defendeu, no Rio de Janeiro, as camisas de Flamengo e de Fluminense.

O jogador disse que o elenco do Vasco tem condições de deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e lutar na parte de cima da tabela de classificação. "Com certeza o Vasco hoje possui um grupo forte, que vem sendo reforçado pela diretoria e que ainda vai dar alegrias aos nossos torcedores. Sabemos, porém, que os bons resultados só virão se acompanhados de muito trabalho e dedicação. Isso o torcedor pode ter a certeza de que não vai faltar", afirmou Felipe.

Felipe assinou contrato até dezembro de 2012 e depois disso, muito provavelmente, vai encerrar carreira. Após o evento o jogador seguiu para Mangaratiba, também no Rio de Janeiro, onde se encontrou com o restante do elenco, que vem se preparando nesta cidade para a sequência do Campeonato Brasileiro. O Cruzmaltino volta a campo no dia 14 de julho para medir forças com o Goiás, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO), pela oitava rodada do Brasileirão.

Fora de campo a diretoria ainda procura reforços para se juntarem a Felipe e ao lateral-direito Irrazábal, outra contratação feita ao longo do recesso do Campeonato Brasileiro por ocasião da disputa da Copa do Mundo da África do Sul. Os dirigentes, atendendo a um pedido do técnico Paulo César Gusmão, buscam a chegada de um zagueiro e de um atacante. Os nomes, porém, estão sendo mantidos em sigilo para não gerar especulações e atrapalhar as negociações.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Com festa, Vasco apresenta meia Felipe, que veste a camisa 6

De volta para casa
Pelo Vasco, Felipe conquistou dois brasileiros e uma Libertadores entre 1997 e 2000

Topo
Contador de notícias