iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/06 - 08:21

Mutu é condenado a pagar US$ 20,7 milhões ao Chelsea
Na Fiorentina desde 2006 e atualmente suspenso por doping, atacante romeno só voltará a atuar em outubro

Agência Estado

O ano de Adrian Mutu está se tornando cada vez mais trágico. Depois de ser suspenso por nove meses ao ser flagrado no doping com a substância sibutramina, o atacante de 31 anos foi condenado em definitivo a pagar multa de US$ 20,7 milhões (cerca de R$ 37,5 milhões)ao Chelsea.

Mutu já havia perdido em todas as instâncias desportivas, inclusive na CAS (Corte Arbitral do Esporte). Tentou, assim, recorrer ao Tribunal Federal Suíço, mas o órgão manteve a decisão. "A apelação do jogador romeno foi considerada infundada", disse o tribunal em comunicado.

A disputa entre Mutu e Chelsea já durava mais de cinco anos. O atacante romeno chegou ao clube em 2003, após o time londrino pagar 15 milhões de libras ao Parma. Flagrado em exame antidoping por uso de cocaína no ano seguinte, o jogador deixou a equipe e se transferiu para a Juventus em 2005, após cumprir suspensão.

O Chelsea, então, entrou na justiça para reaver o dinheiro que havia investido no jogador. Na segunda passagem do caso pela Fifa, em 2007, foi definido que o romeno teria de pagar os US$ 20,7 milhões. Ele ainda tentou recorrer em várias instâncias, mas acabou condenado em definitivo.

Mutu despontou como grande promessa no futebol internacional, mas o seu comportamento fora de campo sempre foi mais comentado do que sua própria carreira. Na Fiorentina desde 2006, ele só voltará a atuar em outubro após cumprir nova suspensão. Segundo especula a imprensa romena, a multa de US$ 20,7 milhões levará o atacante à falência.


Leia mais sobre: Mutu Chelsea

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Getty Images

us mutu

Mutu
Depois de casos de doping, Chelsea entrou na Justiça para reaver dinheiro investido no jogador

Topo
Contador de notícias