iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/06 - 18:57

Mano Menezes aponta erro tático, mas destaca dedicação

Segundo o treinador corintiano, equipe cedeu muitos contra-ataques para o Botafogo na segunda etapa da partida

Gazeta Esportiva

Neste domingo, o Corinthians alternou altos e baixos na partida contra o Botafogo e saiu de campo com o empate em 2 a 2, no Rio de Janeiro. Para o técnico Mano Menezes, o gol marcado no último minuto - que salvou a invencibilidade e a liderança no Campeonato Brasileiro - foi uma "premiação", mas a postura na segunda etapa, quando os paulistas não souberam conter os contra-ataques dos donos da casa, não pode se repetir.

"Tivemos dificuldades táticas no jogo. Criamos oportunidades, mas não soubemos resolvê-lo. Está certo que, no primeiro tempo, perdemos o Dentinho, mas acabamos cedendo uma arma importante ao Botafogo: o contra-ataque", relatou. Os dois gols do time carioca, marcados por Renato Cajá e Lúcio Flávio, partiram de contra-ataques rápidos.

Apesar de apontar as deficiências da equipe, o comandante do Timão lembrou a luta de seus atletas, até mesmo quando o Botafogo matinha o controle do embate. "Jogamos os útimos dez minutos muito bem, aliás, podíamos ter feito outros momentos assim. No último lance, marcamos e fomos premiados", contemporizou.

Questionado sobre o assédio de clubes europeus e as iminentes transferências de jogadores para o exterior, Mano mostrou tranquilidade. "A volta da Copa será benéfica para todos os clubes, tanto os que estão mal, quanto os que estão bem. Temos a consciência de que perderemos um ou dois jogadores na janela, mas isso é normal", finalizou.


Leia mais sobre: Botafogo Corinthians Mano Menezes

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias