iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

25/04 - 20:34

Inter lamenta gols sofridos na bola parada
"A bola não quis entrar no primeiro tempo. Tomamos dois gols que geralmente não tomamos", comentou o atacante Alecsandro

 

Gazeta Esportiva

Perder para o Grêmio, no Beira-Rio, por si só é doloroso. A dor do Inter aumentou pela forma com que os gremistas foram às redes. Em dois lances de bola parada, um escanteio e uma falta, o rival resolveu o jogo, deixando bem encaminhada a conquista do título gaúcho.

Após a derrota por 2 a 0 , os jogadores do Inter lamentaram o modo como sofreram os gols. "Nada é impossível (reverter). Como eles venceram aqui, a gente pode vencer lá. Tomamos dois gols de bola parada. A bola não quis entrar no primeiro tempo. Tomamos dois gols que geralmente não tomamos", comentou o centroavante Alecsandro, figura apagada em campo.

Porém, o Grêmio foi além das duas paradas, sobretudo no segundo tempo. Além dos gols marcados por Rodrigo e Borges, o time acertou a trave rival três vezes, duas com Jonas e uma com Willian Magrão.

Para ser campeão, o Inter precisará fazer três gols no Olímpico, no próximo domingo, seja em um 3 a 0 ou um 3 a 1. Caso vença por 2 a 0, a decisão será nas cobranças de pênaltis. Os outros resultados dão a taça ao Grêmio.

"A gente pode fazer dois lá também. Foi um bom jogo. Não teve time com superioridade. E foi decidido na bola parada, temos tudo para reverter no próximo jogo. Vamos ficar tranquilos", analisou Nei.

Antes de voltar a pensar no Grêmio, o Inter foca na Libertadores. Na segunda-feira, a delegação viaja para a Argentina, onde enfrentará o Banfield, na quarta-feira.


Leia mais sobre: Grêmio Inter

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias