iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

25/03 - 19:34

Roth nega contato do Vasco, mas diz: já trabalharia contra o Flu

"Se houver um convite podemos conversar, batemos um papo tranquilamente", afirmou o treinador, que, se contratado, trabalharia a partir do dia seguinte

Gazeta Esportiva

O técnico Celso Roth afirmou nesta quinta-feira, em entrevista para a emissora de TV ESPN Brasil, que não foi procurado para comandar o Vasco da Gama. O treinador surgiu como um nome forte para substituir Vágner Mancini, demitido pouco após o time carioca perder para o Americano.

"Não há nenhum contato com o Vasco. A gente tem o maior respeito pelo clube, claro se houver um convite podemos conversar, batemos um papo tranquilamente", afirmou o treinador, que tem acompanhado as dificuldades pela qual o time vem passando recentemente.

"(O Vasco) Tem algumas dificuldades para se equilibrar após esse retorno da Série B. Nesse início de temporada está tendo dificuldades porque procura seu equilíbrio, tanto na parte técnica, quanto de jogadores. Tem que procurar alternativas", completou.

Mesmo negando contatos, Roth afirmou que, caso contratado, comandaria a equipe no próximo final de semana, contra o Fluminense, pela sétima rodada da Taça Rio. "Quando a gente é contratado, no dia seguinte está dentro do campo trabalhando. Se, nessa hipótese que você criou, acontecesse, certamente estaria à disposição. Não teria nenhuma dúvida que trabalharia no fim de semana", garantiu.

Dirigente desconversa sobre nomes
O diretor executivo de futebol do Vasco, Rodrigo Caetano, negou que o clube esteja conversando com Celso Roth e Tite, os nomes mais fortes que surgiram após a demissão de Mancini. "São técnicos de ponta, mas não temos negociação com eles. Não temos definido nenhum nome, nenhuma negociação concretizada", afirmou.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias