iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

24/03 - 21:34

Católica e Caracas empatam e se complicam na Libertadores

Placar no Chile foi semelhante ao da Venezuela, beneficiando o Flamengo, vice-líder do grupo 8

Gazeta Esportiva

Após empate sem gols na Venezuela, Universidad Católica, do Chile, e Caracas voltaram a se enfrentar nesta quarta-feira e novamente terminaram o jogo em igualdade, desta vez por 1 a 1. Ambas as equipes se complicaram na Copa Libertadores da América. O resultado no Estádio Estadio San Carlos de Apoquindo, em Las Condes, fez com que os donos fossem a três pontos e os visitantes a dois, beneficiando o Flamengo, também no grupo 8, com seis tentos.

Precisando de uma vitória dentro dos seus domínios para seguir sonhando em classificar-se para a próxima fase da competição continental, os donos da casa não titubearam em atacar os venezuelanos desde os primeiros minutos da partida. Valendo-se da versatilidade e da rapidez do meia Damián Díaz, a Católica pressionava o adversário, mas pecava nas finalizações, dando pouco trabalho para o goleiro Renny Vega.

Isolados no campo de ataque, os centroavantes Matias Rubio e Juan José Morales acertavam boas trocas de passes para os chilenos. Rubio arriscou alguns chutes de fora da área, sem sucesso. Acuado para trás da linha de meio-campo, o Caracas marcava forte e abusava nas faltas, principalmente na saída de bola dos donos da casa.

Apesar do claro domínio no primeiro tempo da partida, a Universidad Católica recebeu um autêntico banho de água fria logo no início da etapa complementar. Aos quatro minutos, o zagueiro Bustamante aproveitou confusão na zaga do time local após chute de Figueroa e abriu o placar para o Caracas.

O gol abalou as estruturas do time da casa. Nervosos por conta da virtual eliminação na Libertadores com o resultado adverso, os chilenos permitiram que os venezuelanos dominassem a posse de bola e as principais ações do jogo. Ciente da situação, o técnico Marco Antonio Figueroa trocou Valenzuela por Vranjicán e jogou a Católica completamente no campo de ataque.

A substituição promovida deu resultado. A nove minutos do fim, Mirosevic fez cruzamento preciso e Morales, de cabeça, empatou o jogo para os donos da casa. O Universidad Católica manteve a pressão até o apito final de Néstor Pitana, mas teve que contentar-se com apenas um ponto.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias