iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/03 - 19:38

Arrependido, Ganso tenta negar entrada proposital em Ronaldo

Paulo Henrique chegou por trás e derrubou o Fenômeno logo nos primeiros segundos do clássico na Vila

Gazeta Esportiva

O clássico em que o Santos venceu o Corinthians, por 2 a 1, neste domingo, na Vila Belmiro, foi recheado de polêmicas. Além do pênalti, das expulsões dos corintianos Moacir e Roberto Carlos e das reclamações quanto às firulas dos jogadores santistas, o primeiro lance do jogo, em que o meia Paulo Henrique deu uma entrada no atacante Ronaldo, ganhou destaque.

Isto porque, Ganso, geralmente comedido em suas palavras, admitiu, na saída do gramado da Vila Belmiro, que o lance foi proposital. "O Ronaldo saiu um pouco lento. Cheguei meio que empurrando para dar uma acordada nele. Era para ele ver que não está no Pacaembu e, sim, na Vila Belmiro. Foi de propósito", disse o camisa 11 do Peixe, em entrevista à Rádio Eldorado/ESPN.

Nesta segunda-feira, depois do calor do jogo, Paulo Henrique tentou, por intermédio da Assessoria de Imprensa do Santos, negar que tenha dado tais declarações. No clássico, o lance em questão acabou praticamente sendo ignorado pelo árbitro José Henrique de Carvalho, que não observou a entrada de Ganso. Pela jogada, logo nos primeiros instantes da partida, o meia não recebeu sequer o cartão amarelo. Paulo Henrique recebeu somente uma advertência verbal.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias