iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

21/01 - 10:30

Aposta na Lusa, Luiz Carlos aprenderá a 'fechar a boca' no Canindé
Deixaram a Portuguesa o meia Fellype Gabriel e o atacante Zé Carlos, titulares em 2009

Gazeta Esportiva

Concretizada nesta terça-feira, a contratação do atacante Zé Carlos animava os bastidores da Portuguesa na Arena Barueri após a vitória por 2 a 0 sobre o Sertãozinho. A chance de contar com um 'homem-gol' nas próximas rodadas do Campeonato Paulista deixou o técnico Vagner Benazzi satisfeito. No clube, a crença é de que o ex-atacante do Fortaleza é o homem certo para o trabalho. Se estiver em forma.

"Nós vamos ensinar ele a tapar um pouco a boca", disse o vice-presidente de futebol, Luiz Iaúca, em conversa na qual participava também o presidente Manuel da Lupa. Mentor do empréstimo do jogador junto ao Internacional, Iaúca acredita que o Canindé é o lugar certo para Luiz Carlos recuperar a forma e o faro aguçado de gols - na campanha que culminou com o rebaixamento do Fortaleza na Série B do Brasileiro, ele marcou 14.

"Falta um goleador e o Luiz Carlos é a nossa aposta", concordou o técnico Vagner Benazzi, esperando contar o quanto antes com o atleta, que nesta quinta-feira integra o grupo de jogadores nos trabalhos. "Sabemos que ele é um jogador de presença de área, que fez muitos gols no Ceará. Vamos ajudar para que isso aconteça de novo", continuou o comandante, esperançoso com seu novo reforço.

O plantel rubro-verde sofreu duras perdas no setor ofensivo. Deixaram o Canindé o meia Fellype Gabriel e o atacante Zé Carlos, titulares em 2009. Por outro lado, o uruguaio Biscayzacu foi contratado e Celsinho, o 'Ronaldinho Gaúcho' do Canindé, acertou sua volta. O time conta com Dinei, titular nas primeiras rodadas, além de Piraju, Ronaldo e Rafael, vindos das categorias de base. Não é o suficiente.

"O time da Portuguesa ainda não é esse aí que jogou hoje", avisou Manuel da Lupa, prometendo reforços. "Legal o presidente dar essa garantia de que não vai contratar só mais um, não vai encher a casa", comemorou Vagner Benazzi, aguardando as negociações: "se for pra ter só mais um, eu escolho um garoto das categorias de base".


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias