iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

18/01 - 17:16

Corinthians pegará Palmeiras com desempenho aquém, avisa Mano

Técnico só crê em alto rendimento de seus comandados a partir da sexta rodada do Estadual

Gazeta Esportiva

Após presenciar um tímido empate por 1 a 1 com o Monte Azul na estreia do Campeonato Paulista, a torcida do Corinthians ainda terá de tolerar apresentações irregulares da equipe por mais quatro partidas - incluindo o clássico com o Palmeiras. Essa é a expectativa do técnico Mano Menezes, que só crê em alto rendimento de seus comandados a partir da sexta rodada do Estadual.

"Lá pela sexta rodada o nosso nível de competitividade vai estar próximo dos outros clubes. Não vamos abrir mão da vitória e vamos seguir buscando os resultados, mas até lá vamos sofrer um pouco", disse o comandante, em declaração ao Sportv nesta segunda-feira.

Isso inclui o clássico com o Palmeiras, confronto que o Timão não vence há mais de três anos. Ambos se enfrentam em 31 de janeiro, em local a definir. O Verdão, por sua vez, mostrou excelente apresentação na estreia, goleando o Mogi Mirim por 5 a 1 no Palestra Itália. Mano Menezes, no entanto, não se preocupa com o baixo rendimento.

"Estamos trabalhando há apenas 12 dias. Você vê a diferença de arrancada, de força em alguns lances e isso em 90 minutos faz muita diferença. Você tem que dosar a sua equipe e é isso que vamos fazer nesses primeiros jogos. Vamos ficar aquém mesmo, mas lá na frente vamos apresentar jogos melhores", continuou o treinador, que deve promover rodízio de atletas para condicioná-los nas primeiras rodadas.

O atacante Ronaldo, por exemplo, deve entrar em campo nesta quarta-feira, contra o Bragantino, e ser poupado no domingo, contra o Oeste, em Araraquara. Na sequência, deve atuar novamente na quarta-feira seguinte, contra o Mirassol, no Pacaembu. Outro que deve entrar em campo diante do Bragantino - pela primeira vez com a camisa do Corinthians - é o lateral esquerdo Roberto Carlos.

"Já tenho uma ideia de qual vai ser a formação do time, mas para chegar nessa ideia, a prática tem que se confirmar. Peço para os jogadores não se preocuparem com quem estão treinando ou com a cor do colete. Agora eles têm que aproveitar o momento para ficarem bem condicionados", complementou o treinador, sem colocar pressão sobre os atletas.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias