iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/01 - 15:09

Muricy evita "apitar" no caso Vagner Love

Atacante segue com a intenção de deixar o Palmeiras por conta da agressão sofrida de torcedores e terá a opinião respeitada pelo treinador

Gazeta Esportiva

O técnico Muricy Ramalho avisa que não vai se intrometer nas conversas de Vagner Love com a diretoria do Palmeiras. O atacante segue com a intenção de deixar o clube por conta da agressão sofrida de torcedores e terá a opinião respeitada da parte do treinador.

"Vai muito do jogador. O Vagner foi uma surpresa agradável, é um grande profissional, procurou se dedicar aos treinos. Mas está em um país livre. Cada um escolhe o que for melhor. É uma questão particular", afirmou o comandante alviverde nesta sexta-feira em Atibaia.

Por enquanto, Vagner Love segue treinando com o resto do grupo alviverde na cidade de Atibaia. Na manhã desta sexta-feira, ele participou normalmente de uma atividade em campo reduzido com os principais atletas do Palmeiras.

"O Vagner ainda é jogador do clube, tem recebido um tratamento igual aos outros, o treino é o mesmo. Claro que há uma negociação, mas é uma situação que existe com qualquer um", reforçou Muricy Ramalho, que já pede publicamente um substituto para o Artilheiro do Amor.

Em entrevista ao Sportv no início da tarde desta sexta-feira, o vice de futebol do Verdão, Gilberto Cipullo, deixou claro que ainda não há novidades no "caso Vagner Love". O clube só vai liberar o centroavante mediante a uma compensação financeira ou técnica.

Para completar, ainda resta o acerto com o dono dos direitos federativos de Love. "No Palmeiras, não existe nenhum nome inegociável, mas tudo passa pela aprovação do CSKA", disse Cipullo.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias