iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/12 - 14:15

"Só o presidente não pode sair", diz dirigente do Avaí
O capitão Marquinhos já anunciou que quer uma valorização para seguir na Ressacada, e diversos clubes estão de olho em William

Gazeta Esportiva

FLORIANÓPOLIS - Após a bela campanha no Campeonato Brasileiro, o Avaí está em polvorosa no mercado de transferências. Tanto chegando quanto saindo o clube catarinense, o momento muito movimentado nos bastidores do estádio da Ressacada.

Duas saídas já estão concretizadas. O volante Léo Gago já foi até apresentado no Vasco, e o zagueiro Augusto defenderá alguma equipe de São Paulo no Campeonato Paulista de 2010 para ser valorizado.

O capitão Marquinhos já anunciou que quer uma valorização para seguir na Ressacada, e diversos clubes estão de olho em William. Além disso, a ida de Silas para o Grêmio indica que o Tricolor gaúcho pode 'roubar' diversos jogadores do Avaí, começando pelo volante Ferdinando.

Para o coordenador de futebol do clube catarinense, Moisés Cândido, as saídas são inevitáveis. "O Avaí fez um bom campeonato então está muito valorizado. A maioria dos jogadores tem contrato longo, mas se chegarem propostas boas temos que considerar", afirmou o dirigente. "Daqui, só o Zunino (presidente do clube) não pode sair, não podemos liberar, porque senão não tem quem pague as contas", disse Moisés.

Embarcando - Se o Avaí teme perder muitos de seus jogadores para a próxima temporada, também já começa a 'mexer seus pauzinhos' para repor as peças vendidas.

Para 2010, três reforços já estão confirmados no time da Ressacada. "O Vandinho retorna ao Avaí, ele é da LA Sports (empresa parceira do clube). Além dele, vem o Zé Carlos, goleiro e o Gabriel, zagueiro do Paraná Clube", confirmou Moisés Cândido.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias