iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

05/12 - 20:00

Inter visa tetra, mas esquece resultados paralelos

Colorado depende do Grêmio, mas quer se concentrar em vencer o Santo André, que ainda luta contra o rebaixamento

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - O Gre-Nal celebrou cem anos de existência em 2009. Após um século de história, ainda existe espaço para ineditismos. Mesmo com tantos duelos históricos em um século de confrontos, uma nova página será escrita num jogo em que os dois estarão separados por milhares de quilômetros, mas teoricamente unidos. Um momento raro.

Na verdade, a última rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo, fará um jogar pelo outro. Envolvido na briga pelo título, o Inter recebe o Santo André, no Beira-Rio. No mesmo horário das 17 horas, os colorados estarão no Rio de Janeiro vestidos de azul, preto e branco sendo representados pelo Grêmio contra o Flamengo.

A semana de trabalho do Inter tentou desfocar o pensamento do Grêmio. A polêmica se o maior rival irá ou não prejudicar os colorados deu o tom. Os jogadores tentaram fugir do assunto, visando somente a partida contra o Santo André.

"Não temos que entrar nessa rivalidade. Temos que concentrar no Santo André, que quer permanecer na primeira divisão", comentou o volante Sandro. "Temos que evitar falar do Grêmio. Temos é que fazer nossa parte", fez coro Bolívar.

Para conquistar um título, cujo jejum completa 30 anos, é preciso vencer o Santo André por qualquer placar e torcer por um empate do time misto do Grêmio diante do Flamengo.

Poucos no Beira-Rio acreditam em uma vitória gremista sobre o Mengão, pois o Tricolor possui péssima campanha como visitante, somando somente uma vitória em todo o Brasileirão. Apesar de alguns discursos de pouca fé, o técnico Mário Sérgio possui esperança.

"Eu acredito ainda, mesmo que não dependamos só de nós. Vamos ter uma boa atuação, contra um adversário difícil, mas nós temos que fazer valer o mando de campo", declarou o treinador.

Para evitar o aumento das polêmicas, a direção gaúcha adotou a lei do silêncio. Os jogadores estão desde quinta-feira sem conceder entrevista.

O Santo André passou a semana sem ser notado. Em silêncio, os paulistas mentalizaram uma tarefa tão difícil quanto a dos colorados. Assim como o Inter, o Ramalhão não depende apenas de si para atingir sua meta. A obrigação de vitória é comum. A diferença é que o clube do ABC precisa de dois resultados paralelos para se manter na Primeira Divisão. Ao menos, não fica na dependência do resultado de um rival.

Para seguir na elite do futebol nacional será preciso derrotas de Botafogo e Coritiba para Palmeiras e Fluminense, respectivamente. Além da vitória em um Beira-Rio lotado. Essa será a primeira vez que o clube paulista colocará seu time no estádio colorado.

Ficar fora das manchetes durante a semana virou uma fator de motivação. "O Inter está mais preocupado com Grêmio e Flamengo. Parece que nem precisa jogar. Então temos de fazer o nosso trabalho e mostrar que estão equivocados", comentou o técnico Sérgio Soares.

O treinador montará uma equipe ofensiva, explorando a necessidade de vitória do adversário. A ideia é que o time não tem mais nada a perder, portanto, só resta arriscar. Se essa postura for confirmada, o jogo tende a ser franco. Sem contar com Guiñazu suspenso, Mário Sérgio deverá escalar o meia Andrezinho, atuando com somente um homem de marcação no meio-campo. Outra opção é o ingresso de Fabiano Eller na lateral esquerda, passando Kleber para o meio.

Será um dia incomum no futebol gaúcho. Uma tarde em que os colorados torcerão para o Grêmio e os gremistas, para o Flamengo. É a rivalidade e por ela passa o resultado do Brasileirão de 2009.

FICHA TÉCNICA:
INTERNACIONAL x SANTO ANDRÉ


Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 6 de dezembro de 2009, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Belmiro da Silva e Adson Márcio Lopes (ambos da BA)

INTERNACIONAL: Lauro; Danilo Silva, Índio, Bolívar e Kleber; Sandro, Andrezinho, Giuliano, D'Alessandro e Marquinhos; Alecsandro
Técnico: Mário Sérgio

SANTO ANDRÉ: Neneca, Rômulo, Vinícius, Marcel e Arthur; Ricardo Conceição, Júnior Dutra, Camilo e Marcelinho; Nunes e Wanderley
Técnico: Sérgio Soares


Leia mais sobre: Internacional Santo André

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AE

Andrezinho Inter

Andrezinho
Meia deve entrar no lugar do volante suspenso Guiñazu para deixar o Inter ainda mais ofensivo

Topo
Contador de notícias