iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

04/12 - 14:23

Para Luxa, data das eleições prejudica montagem do time

Para o treinador, a escolha do presidente santista não pode acontecer em dezembro, mês da escolha de jogadores

Gazeta Esportiva

SANTOS - Ainda sem ter definido a sua situação dentro do Santos, pois está na dependência dos resultados das eleições marcadas para este sábado, na Vila Belmiro - se Marcelo Teixeira se reeleger, Luxa irá discutir a renovação contratual, caso contrário, deixa o clube -, o técnico Vanderlei Luxemburgo criticou nesta sexta-feira o período em que ocorre o pleito eleitoral no Peixe.

Para o treinador, a escolha do presidente santista não pode acontecer em dezembro, pois atrapalha o planejamento da equipe para a próxima temporada. "A definição (da renovação de vínculo) tem de ser rápida, até porque o Santos tem que tocar a vida dele e eu a minha. Ou então teremos que começar a trabalhar se for o caso de eu ficar. Aliás, o Santos já está perdendo muito tempo, pois essa data (das eleições) é muito prejudicial ao time de futebol. Você fica meio perdido", disse.

Luxemburgo exemplificou a sua crítica ao período eleitoral do Alvinegro Praiano, ao analisar a contratação do lateral esquerdo Roberto Carlos, pelo Corinthians. Segundo Luxa, o veterano ala só não fechou sua ida para o Santos porque tinha que esperar a definição política do clube.

"A não contratação do Roberto Carlos se deu em função disso. Ele não estava pensando em Libertadores. O que acontece é que aqui ele tinha que aguardar para saber quem vai ser o presidente e não poderíamos definir nada antes disso (disputa presidencial). E ele queria resolver logo o seu futuro. E, como no Corinthians eles não têm esse problema, o Roberto acertou lá", finalizou.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias