iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/11 - 23:31

Adílson critica imaturidade do Cruzeiro

O treinador foi duro e ressaltou o que faltou ao time nos minutos finais do jogo contra o Grêmio

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - Bastante irritado com o empate por 1 a 1 com o Grêmio, neste sábado, no Mineirão, o técnico do Cruzeiro, Adílson Batista não se conteve. Para ele, sua equipe foi imatura e o gol do time gaúcho (com dois jogadores a menos), aos 46 minutos do segundo tempo, foi uma espécie de castigo.

"Se você segura a bola no canto com um jogador a mais, isso aí é 11 contra 11. É questão de pensar um pouquinho. E Deus pune quem brinca. Então mais uma vez: roda, respeita, valoriza, joga sério, não teria sido castigado no final", declarou Adílson.

O treinador foi duro e ressaltou o que faltou ao time: inteligência, tranquilidade, malandragem, mesmos ingredientes cobrados após a derrota de virada para o Fluminense, há 15 dias, também no Mineirão.

"O que faltou foi um pouquinho de inteligência, de rodar a bola, saber que tem um homem a mais, de não querer afunilar. Tinha que trabalhar a bola, ser eficiente e rápido no contra-ataque. O Grêmio nos permitia isso. Isso é que faltou ao Cruzeiro", analisou Adílson.

O técnico só não concordou quando foi questionado se o time ficou de salto alto por estar vencendo e chegando ao terceiro lugar na tabela. "Não foi euforia. Foi um pouquinho de desatenção, um pouco de a gente controlar o jogo. Já perdemos jogos assim anteriormente e não foi em função de salto alto, excesso de confiança, não foi isso, não", concluiu.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias