iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/11 - 14:51

Discreto, Botafogo já planeja 2010

Dirigentes trabalham em silêncio para renovar contratos com jogadores enquanto time luta contra a degola

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - A diretoria do Botafogo ainda se nega a dar qualquer tipo de entrevista que possa servir de projeção para o que acontecerá com o clube na próxima temporada. Isso porque, o Alvinegro ainda está seriamente ameaçado pelo rebaixamento no Campeonato Brasileiro e apenas com esta situação resolvida que 2010 será pauta em General Severiano. Porém, em silêncio, o presidente Maurício Assunpção, e André Silva, vice-presidente de futebol, estão trabalhando para que o próximo ano seja mais tranquilo.

A prioridade é a renovação de contrato dos jogadores. O volante Leandro Guerreiro, com vínculo até dezembro, ainda não assinou oficialmente com o clube, mas deixou a negociação muito bem encaminhada, sem ser uma preocupação para os atuais dirigentes. O próprio jogador já deu declarações dizendo que pretende encerrar carreira no Alvinegro, onde é sempre enaltecido pelos torcedores.

O atacante Reinaldo é outro que tem contrato até o fim do ano e aparece com uma renovação considerada interessante pela atual diretoria. Como passou cerca de três meses entregue ao departamento médico, o jogador tem uma dívida de gratidão com o Botafogo e também vem dando declarações de que pretende ficar. O meia Renato deverá ser procurado nos próximos dias, mas não se diz ansioso.

"Eu costumo deixar as coisas nas mãos de Deus e tenho certeza de que ele está preparando algo de muito positivo para a minha carreira na próxima temporada. Se for para eu permanecer no Botafogo, não tenho a menor dúvida de que meu próximo ano será melhor e que ajudarei o time a conquistar títulos", apontou Renato.

Dois jogadores até então desconhecidos, que chegaram no meio do Campeonato Brasileiro, por empréstimo, e se firmaram na condição de titular estão nos planos para 2010. São eles o zagueiro Diego, que tem vínculo com o Barueri, e o atacante Jobson, com os direitos federativos ligados ao Brasiliense.

O Barueri ainda não foi procurado pelo Botafogo, mas quando isso acontecer a negociação tem tudo para ser concretizada, pois o clube paulista costuma levar em consideração a vontade do atleta.

"Desde que cheguei ao Botafogo sempre sonhei em vestir a camisa do time para poder me firmar entre os titulares. Realizei esse sonho e o meu pensamento é permanecer no clube em 2010 para lutar pela conquista de títulos", revelou Diego.

Em relação a Jobson, as negociações estão um pouco mais adiantadas, pois o Botafogo já procurou o Brasiliense e valores foram apresentados. O que pode atrapalhar é o fato de outros clubes terem sondado o Jacaré para adquirir o atleta.

Os jogadores que têm contrato longo e que deverão ficar em 2010 são os goleiros Jéfferson e Renan; os laterais Alessandro, Thiaguinho e Gabriel; os zagueiros Juninho, Wellington e Emerson; os volantes Fahel e Túlio Souza e os meias Lucio Flavio e Rodrigo Dantas.

Quem não deverá permanecer para 2010 é o técnico Estevam Soares. O treinador vem evitando comentar o assunto, dizendo que está focado apenas na permanência do Glorioso na elite do futebol nacional. Mas a própria diretoria não vem se esforçando para mantê-lo.

Alguns nomes começam a ser especulados nos corredores de General Severiano, mas os dirigentes querem esperar a definição do futuro dos times. Celso Roth, por exemplo, interessa, mas só será procurado se o Atlético-MG não confirmar a classificação para a próxima Copa Libertadores. Outro que está nos planos é Paulo Autuori, que tem vínculo com o Grêmio e proposta dos Emirados Árabes Unidos.

Além disso o Botafogo projeta algumas contratações e, permanecendo na Série A, a diretoria vai investir pesado na montagem de um grande time. O atacante Dodô, que está livre após cumprir suspensão por doping, já foi procurado e tem uma proposta nas mãos.

O clube negocia ainda o retorno do meia Maicosuel, que deixou o Glorioso esse ano e está no Hoffenheim, que disputa o Campeonato Alemão. O problema é que sua mulher não se adaptou à Alemanha e ele pode reaparecer em General Severiano em 2010.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias