iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/11 - 22:55

Bahia e Fortaleza empatam e seguem ameaçados pela degola

Baianos seguem na 16ª colocação, agora com 39 pontos; cearenses, com 34, pulam para 18º, mas continuam no grupo de descenso

Gazeta Esportiva

SALVADOR - O Bahia perdeu nessa sexta-feira uma boa chance de se distanciar da zona do rebaixamento. O time empatou por 2 a 2 com o Fortaleza, no Estádio Pituaçu, em Salvador, e segue na 16ª colocação, agora com 39 pontos. Os cearenses, com 34, pulam para 18º, mas continuam no grupo de descenso.

O Fortaleza esteve à frente do placar em duas oportunidades. Abriu o marcador, com Luiz Carlos, mas sofreu em seguida o gol de empate de Jael. Já na segunda etapa, Marcelo Nicácio voltou a colocar os visitantes em vantagem, mas Juliano tratou de garantir o empate para os baianos.

Na próxima rodada, os dois times atuam em suas respectivas casas, às 21h50 (horário de Brasília), de terça-feira, dia 10. O Bahia recebe em Pituaçu o Vila Nova, enquanto o Fortaleza pega, no Castelão, a Ponte Preta, que ainda sonha com uma vaga na Série A de 2010.


O jogo
Com os dois times precisando da vitória, o jogo foi movimentado desde seu início. Logo aos sete minutos, os donos da casa assustaram em cobrança de falta no travessão. Já no ataque seguinte, o Fortaleza foi para cima com força total e abriu o placar. Luiz Carlos recebeu bom passe na área e bateu rasteiro na saída do goleiro Marcelo.

Atrás no placar, o Bahia partiu para o ataque em busca do gol de empate. Depois algumas tentativas frustradas, conseguiu igualar o marcador. Aos 25 minutos, após cruzamento da esquerda, Nadson tocou de cabeça para Jael que, praticamente em cima da linha, cabeceou para as redes.

Os dois gols não tiraram a emoção da primeira etapa que ainda teve uma boa chance para cada lado. Os donos da casa quase marcaram com Nadson, que de dentro da área, cabeceou para fora. O Fortaleza apareceu bem com Luiz Carlos que bateu para grande defesa de Marcelo.

A segunda etapa começou novamente com bastante movimentação e um gol do Fortaleza aos oito minutos. Marcelo Nicácio arrancou pela direita e chutou forte para superar o arqueiro baiano.

Assim como foi no primeiro tempo, os donos da casa empregaram força máxima em busca do empate, mas tinham dificuldade de superar a barreira montada pela equipe cearense. A situação ficou melhor para o Bahia quando o zagueiro Everaldo, do Fortaleza, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

A pressão deu resultado. Aos 29 minutos, Juliano tabelou com Jael e bateu cruzado, sem chances para Douglas. Após o gol de empate, o ímpeto dos donos da casa cresceu. Apostando em jogadas de velocidade e muitos passes, os comandados de Paulo Bonamigo buscaram a virada, mas não conseguiram vencer a defesa adversária. No final, o Fortaleza ainda perdeu Luiz Carlos, que agrediu Marcos e recebeu o cartão vermelho.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 2 x 2 FORTALEZA


Local: Estádio Pituaçu, em Salvador (BA)
Data: 6 de novembro de 2009, sexta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Héber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Assistentes: Aparecido Donizetti Santana e Marcos Rogério da Silva (ambos do PR)

Cartões Amarelos: Everaldo, Dedé e Coutinho (Fortaleza); Léo Medeiros (Bahia)
Cartões Vermelhos: Everaldo e Luiz Carlos (Fortaleza)

Gols: BAHIA - Jael, aos 25 minutos do primeiro tempo e Juliano aos 29 minutos do segundo tempo
FORTALEZA - Luiz Carlos, aos oito minutos do primeiro tempo e Marcelo Nicácio aos oito minutos do segundo tempo

BAHIA: Marcelo; Marcos, Menezes, Vinícius e Alex Maranhão; Marcone, Hernani (Helton Luiz), Léo Medeiros (Juliano) e Ananias; Nadson (Beto) e Jael
Técnico: Paulo Bonamigo

FORTALEZA: Douglas; Dedé, Gilmack, Everaldo, e Marcos Tamandaré (Kiko); Coutinho, Ticão (Rocha), Élton e Rogerinho; Luiz Carlos e Marcelo Nicácio (Júlio)
Técnico: Roberto Fernandes


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias