iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/10 - 09:19

Insultos de Maradona foram feitos sob "emoção violenta", diz advogado

Fifa abriu uma investigação para apurar o acesso de raiva de Maradona na coletiva depois da classificação da Argentina para a Copa do Mundo

Reuters

BUENOS AIRES (Argentina) - Maradona estava sob "emoção violenta" quando disparou ofensas contra jornalistas após a classificação da Argentina para a Copa do Mundo de 2010, disse na quarta-feira o advogado da Associação de Futebol Argentina (AFA).

A Fifa abriu uma investigação para apurar o acesso de raiva de Maradona transmitido para o mundo todo durante a entrevista coletiva depois que seu time venceu o Uruguai em Montevidéu por 1 x 0, em 14 de outubro, assegurando uma vaga na Copa do Mundo de 2010 apenas na última rodada das eliminatórias.

Maradona pode ser multado e suspenso por ao menos cinco jogos, de acordo com o código disciplinar da Fifa, o que pode prejudicar suas esperanças de comandar a seleção argentina no Mundial.

O advogado Hugo Passos disse a repórteres na quarta-feira que a defesa da AFA enviada à Fifa disse que "Maradona agiu em estado de emoção violenta por desavenças com jornalistas nos dias anteriores à partida (com o Uruguai)".

A AFA está tentando esfriar a questão para impedir que Maradona, que recusou-se a pedir desculpas, seja suspenso.

O desempenho de Maradona à frente da seleção foi marcado por desavenças com jogadores, técnicos, jornalistas e dirigentes desde que ele assumiu a equipe, em novembro de 2008, no meio das eliminatórias, após a demissão de Alfio Basile.

O meio-campista Juan Roman Riquelme, figura central da equipe na Copa do Mundo de 2006 e do time de Basile nas eliminatórias para 2010, desistiu de defender o país por problemas com Maradona.

O ex-jogador também teve diferenças com o técnico campeão do mundo em 1986 Carlos Bilardo, que foi nomeada pela AFA diretor técnicos das seleções nacionais. Aparentemente nomeado para ser o braço direito do treinador, Bilardo teve desentendimentos públicos com o treinador e vai deixar o cargo quando seu contrato expirar na próxima semana.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias