iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/09 - 07:00

Expulso contra o Santos, Mano pode ser suspenso por 180 dias

Técnico corintiano foi incluído no artigo 188 por "manifestar-se de forma desrespeitosa, ou ofensiva, contra árbitro ou auxiliar em razão de suas atribuições"

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Em meio à boa fase do Corinthians, Mano Menezes recebeu uma má notícia. As constantes reclamações com o árbitro Guilherme Cereta de Lima na vitória por 2 a 1 sobre o Santos, em 2 de setembro, podem render ao técnico uma suspensão de até 180 dias. O julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) está marcado para segunda-feira.

Na súmula, o árbitro relatou a expulsão do treinador do Timão aos dez minutos do segundo tempo por ter insistido nas contestações às decisões do apitador e dito "Você errou de novo, não foi falta, não foi falta. Ele se jogou, é tudo sempre contra nós". Após a exclusão do comandante, os corintianos, que haviam sofrido o primeiro gol, viraram o jogo.

A afirmação do treinador o incluiu no artigo 188 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) por "manifestar-se de forma desrespeitosa, ou ofensiva, contra árbitro ou auxiliar em razão de suas atribuições". A punição varia de 30 a 180 dias, mas cabe recurso tanto da Procuradoria quanto do clube, seja qual for o resultado do julgamento.

Mano já recebeu denúncias neste artigo oito vezes, mas só teve de cumprir gancho em 2006, quando comandava o Grêmio e foi proibido de comandar o time no campo por 30 dias. Se for punido na segunda-feira, terá de acompanhar o confronto contra o Coritiba, na próxima quarta-feira, das tribunas do Couto Pereira.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias