iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

25/08 - 22:34

René Simões revela a presença de pessoas armadas no vestiário

Comandante da Lusa afirmou temer uma debandada geral do elenco depois dos acontecimentos desta noite de terça; time perde para Vila Nova em casa e se complica na tabela

Redação iG Esporte e Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A decepção de René Simões pela derrota frente o Vila Nova, em pleno Canindé, se agravou com um momento de tensão nos vestiários da Portuguesa. Segundo o comandante da Lusa, cinco torcedores, entre eles quatro armados, invadiram o ambiente e ameaçaram os jogadores da equipe, especialmente o meia Edno.

O treinador agora teme uma debandada geral do elenco após os graves acontecimentos desta terça-feira à noite. Atônito, o experiente René pediu medidas à diretoria.

"É gravíssimo, temos que fazer muito barulho em cima ou isso vai continuar assim. Medidas devem ser tomadas. Há 33 anos estou no futebol e nem nos jogos no gueto aconteceu algo desta proporção. O que vi dentro daquele vestiário nunca tinha visto em nenhum lugar. Entrar gente armada no vestiário. Que mundo é esse?", lamentou o comandante da Lusa.

Com seis partidas sem vitória, a Portuguesa, que já ocupou a vice-liderança na Série B, aparece distante dos quatro primeiros na tabela, postos que dão acesso à Série A do Brasileirão em 2010.

Nervoso durante a entrevista, o técnico sequer conseguiu apostar um futuro melhor para a equipe. "Não sei até onde podemos chegar. Chego aqui e vejo um grupo muito qualificado, mas depois de hoje, agora sei dessas coisas que deixam os jogadores nervosos e intranquilos. Os atletas recebem telefonemas com ameaças, que futebol é esse? Não tem como se concentrar totalmente", comentou.


Leia mais sobre: René Simões Portuguesa

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Técnico, no Canindé

René Simões
"Isso é gravíssimo, temos que fazer muito barulho em cima disso ou isso vai continuar assim"

Topo
Contador de notícias