iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

24/08 - 15:15

Elenco do Fluminense nega falta de empenho na reação

"Uma queda para a Segunda Divisão é ruim para o clube e para os atletas que fizeram parte da campanha", disse Luiz Alberto

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - As críticas são enormes e o time não vem rendendo o esperado. O Fluminense segue na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, segurando a lanterna após o empate sem gols com o Barueri, em pleno Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ). Com parte dos salários em atraso, os atletas estão sendo acusados por uma parcela dos torcedores de estar fazendo corpo mole. Porém, o plantel tricolor assegura que empenho não está faltando.

"A situação está complicada e, muitas vezes, está ruim até de sair para a rua, pois somos cobrados. Mas com certeza esse grupo aqui está se empenhando ao máximo para tirar o Fluminense desta situação que ele se encontra. Uma queda para a Segunda Divisão é ruim para o clube e para os atletas que fizeram parte da campanha", disse Luiz Alberto, zagueiro e capitão do Tricolor.

O lateral direito Ruy foi ainda mais firme em suas declarações: "A parte psicológica está abalada. Estão todos querendo acertar e ajudar o time, mas acho que a ansiedade em muitos momentos vem atrapalhando. É hora da tranquilidade. Não tem ninguém fazendo corpo mole com a camisa do Fluminense. O time pode ter jogado mal, mas não vejo ninguém jogando a toalha".

"Sempre temos uma palavra de incentivo e de conforto do Renato, até pela experiência que ele tem como jogador. Neste momento, isso faz a diferença. O time vem tendo bons momentos durante as partidas, mas o resultado não está aparecendo. Não adianta procurar culpados. A solução é trabalhar e só assim vamos sair dessa situação. O grupo está abatido e triste, mas se mantém forte", complementou o jogador.

O técnico Renato Gaúcho é outro a sair em defesa dos jogadores. "O grupo do Fluminense está sofrendo com esta situação, assim como eu estou sofrendo, os torcedores e os dirigentes. Ninguém aqui trabalha com a hipótese de ver o time rebaixado e empenho não está faltando", disse Renato.

O próximo compromisso do Fluminense pelo Campeonato Brasileiro será no domingo, às 16 horas (de Brasília), contra o Santos, na Vila Belmiro, em Santos (SP). Para este compromisso, o time não poderá contar com o meia Carlos Eduardo e nem com o atacante Alan, que receberam o terceiro cartão amarelo diante do Barueri e terão que cumprir suspensão.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias