iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/07/2009 - 22:32

Fluminense e Inter tentam juntar os cacos no Beira-Rio
O clima em Porto Alegre para o confronto válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro será de tensão

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - Apesar da distância na tabela, Inter e Fluminense vivem fases semelhantes. Fase que ambos querer melhorar nesta quarta-feira. Vice-líder da competição, os colorados recebem os cariocas tentando espantar a onda de maus resultados. Já o Tricolor das Laranjeiras chega para a partida das 21h50 (de Brasília) com técnico novo e tentando fugir da zona do rebaixamento.

O clima no Beira-Rio para o confronto válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro será de tensão. A direção dá suporte ao técnico Tite, porém, a torcida quer vê-lo fora do clube. Uma vitória, além de manter o Inter nas primeiras posições da tabela, trará um pouco de tranquilidade para o clássico Gre-Nal de domingo. Entretanto, vencer não tem sido tarefa fácil. Dois tropeços seguidos podem mudar os pensamentos dos dirigentes.

Desde junho, os colorados saíram vitoriosos de campo somente em duas oportunidades - contra o Coritiba e o Náutico. Ao menos, atuar em casa segue sendo um bom negócio, já que o time ainda não perdeu como mandante no Campeonato Brasileiro.

Para tentar aliviar sua situação, Tite não poderá contar com três titulares. Suspensos pelas confusões diante do Corinthians, pela Copa do Brasil, Kléber e D'Alessandro darão lugar a Marcelo Cordeiro e Andrezinho, respectivamente. Na defesa, Bolívar, suspenso, novamente cede espaço para Danilo Silva.

"A ansiedade não é só de quem está entrando, é de todos. Trabalhamos sempre em busca das vitórias e ficamos chateados quando ela não vem. Mas tenho certeza de que tudo voltará ao normal e vamos voltar a vencer", comentou Cordeiro.

Apesar das críticas, o treinador manterá o seu esquema tático e a disposição dos jogadores em campo. São duas as dúvidas para a escalação. A primeira é quem será o companheiro de ataque de Nilmar. Taison, artilheiro da equipe na temporada, não marca há quase dois meses e deve perder o seu lugar para Alecsandro, que vai bem sempre que entra no segundo tempo, mas quando tem oportunidades como titular não repete o bom desempenho.

"Isso vai passar. Espero que passe rápido. Não venho finalizando muito no gol. Espero que isso passe logo. Estou mais visado. Um está me marcando e outro ficando na sobre. Fica difícil de jogar. Mas Faz parte do futebol e temos que sair disso", tenta explicar Taison sobre sua má fase.

Na defesa, que vem vazando mais que o normal, a incógnita fica por conta de quem atuará ao lado de Índio. Álvaro perdeu a sua titularidade para Danny, que ainda não atual bem como dono da camisa 4, e Sorondo, que jogou diante do Atlético-PR, é outra possibilidade.

Já o Tricolor, na zona de rebaixamento com dez pontos, viu seu mundo cair após a derrota por 1 a 0 para o Santo André no Rio de Janeiro. O técnico Carlos Alberto Parreira foi demitido e o auxiliar Vinícius Eutrópio efetivado no cargo, mas pressionado pela diretoria para obter bons resultados.

O recém-empossado treinador sabe que enfrentar um time poderoso como o Internacional fora de casa não é a melhor oportunidade para se estrear no cargo de treinador. Apesar disso, ele está confiante na conquista de um bom resultado.

"O Internacional tem um time muito forte e os resultados recentes foram acidentes. Por isso mesmo, sabemos que teremos muitas dificuldades, pois nosso rival fará de tudo para reagir, principalmente atuando diante de seus torcedores. Vamos precisar ser muito equilibrados e fortes para sairmos do Beira-Rio com um resultado positivo. Confio muito no meu grupo e sei do que somos capazes", disse Vinícius.

Se o Colorado sonha com a liderança, no Fluminense os jogadores não escondem a fixação por deixar a zona de rebaixamento. "No ano passado, o Fluminense passou a maior parte do Campeonato Brasileiro lutando contra o rebaixamento e não queremos que isso se repita. O grupo está focado em sair o mais rapidamente possível desta situação para poder lutar pelo título ou pela vaga na Copa Libertadores", afirmou o capitão Luiz Alberto.

Para este compromisso, o zagueiro terá um novo companheiro. Cássio vai assumir a vaga do questionado Edcarlos, suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo contra o Santo André. Em compensação, o atacante Fred volta de suspensão e deverá formar dupla de frente com Leandro Amaral.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL x FLUMINENSE

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 15 de julho de 2009, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Evandro Rogério Roman (Fifa-PR)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Carlos Augusto Júnior (SP)

INTERNACIONAL: Lauro, Danny Morais, Índio, Sorondo e Marcelo Cordeiro; Glaydson, Guiñazú, Magrão e Andrezinho; Taison e Nilmar
Técnico: Tite

FLUMINENSE: Ricardo Berna, Ruy, Cássio, Luiz Alberto e João Paulo; Wellington Monteiro, Diguinho, Carlos Eduardo e Darío Conca; Leandro Amaral e Fred
Técnico: Vinícius Eutrópio


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias