iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/07/2009 - 15:32

Cafu desaprova Daniel Alves na esquerda
O capitão do pentacampeonato da seleção brasileira afirmou que não acha a melhor solução utilizar o jogador do Barcelona em outra posição

Trivela.com

SÃO PAULO - O ex-lateral-direito da seleção brasileira Cafu afirmou, nesta quinta-feira, que não acha que a utilização de Daniel Alves pelo lado esquerdo seja a melhor alternativa para a equipe do técnico Dunga. Na última Copa das Confederações, o comandante colocou o jogador do Barcelona na lateral-esquerda na semifinal e na final.

“Particularmente não acho que seja o melhor. Pode ser uma opção, como foi na Copa das Confederações, principalmente nas bolas paradas, onde ele foi realmente bem”, disse Cafu. “Temos dois grandes laterais, e o Dunga aproveitou esse período para conhecer melhor as características deles. Quando viu a necessidade, colocou os dois”.

Cafu aproveitou para falar sobre o trabalho do ex-companheiro à frente da seleção. “Foi uma surpresa para todos, principalmente para quem não acreditava nele. Eu sabia que ele mudaria a cara da Seleção, porque o conheço há muito tempo. Cobraram muito ele no início do trabalho, hoje é quase uma unanimidade”, afirmou Cafu.

Carreira e polêmica em 2002

Há cerca de um ano parado, desde que deixou o Milan, Cafu ainda não descartou o retorno ao futebol, mas disse que pretende resolver isso em breve. “Tenho alguns problemas de ordem pessoal que preciso resolver. Não tenho um prazo definido, mas espero que seja o mais rápido possível. Em um mês vou decidir”, garante o ainda jogador. “Prefiro ficar em São Paulo. Se não continuar a carreira, pretendo seguir com algo ligado ao futebol”.

Questionado sobre as recentes declarações do técnico Luiz Felipe Scolari sobre os problemas entre Ronaldo e Rivaldo na Copa de 2002 – o treinador afirmou em entrevista ao jornalista Renato Maurício Prado que teve que colocar os dois sozinhos no vestiário para resolver porque não passavam a bola um para o outro –, Cafu afirmou desconhcer o episódio.

“Não sei se é verdade ou mentira, estou sabendo agora. Mas se o Felipão disse, é preciso respeitar”, comentou.

Cafu participou nesta quinta-feira de um evento promocional em São Paulo realizado pela Danone, organizadora da Copa das Nações, uma das maiores competições do mundo envolvendo crianças entre 10 e 12 anos, da qual ele se tornou padrinho oficial. A final da fase nacional será neste domingo, no Centro de Práticas Esportivas da USP. Em outubro, o Brasil receberá a final da competição internacional, que está na décima edição, com a presença do francês Zinedine Zidane.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias