iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/06/2009 - 15:05

Luís Fabiano marca 'só' um, mas ainda acredita na artilharia
"Tem muita coisa pela frente e vou alcançá-lo", prometeu o centroavante da seleção brasileira

Gazeta Esportiva

BLOEMFONTEIN (África do Sul) - Antes de a Copa das Confederações começar, o atacante Luís Fabiano previa marcar um gol por jogo e ser o artilheiro do torneio - "a não ser que alguém surpreenda e faça quatro gols em um confronto só", como declarou. O camisa 9 da seleção brasileira manteve a previsão pessoal e anotou uma vez na vitória por 4 a 3 sobre o Egito e, apesar de Fernando Torres ter conferido três no domingo, não viu o espanhol como favorito ao prêmio.

"Quando a gente quer alguma coisa, sempre tem alguém que dificulta ainda mais", comentou Luís Fabiano, bem humorado, depois de Kaká 'salvar a pátria' brasileira com um gol de pênalti aos 45 minutos do segundo tempo nesta segunda, sobre os egípcios e garantir os primeiros três pontos da seleção no complicado grupo B das Confederações.

Ainda com Estados Unidos e Itália pela frente nesta primeira fase do torneio, Luís Fabiano garantiu que mesmo assim tem condições de superar o espanhol na disputa pela consagração de melhor marcador. "Tem muita coisa pela frente e vou alcançá-lo", prometeu o centroavante.

Quanto ao resultado, o autor do segundo gol da vitória verde-amarela na África do Sul não fugiu de lembrar os problemas que o Brasil teve para derrotar os egípcios. "Sofremos mais que o esperado. Vencíamos por 3 a 1 e poderíamos ter mais tranqulidade e posse de bola", analisou.

Para o duelo de quinta-feira, também às 11 horas (de Brasília), contra os Estados Unidos, Luís Fabiano projetou uma atuação menos intrincado da seleção. "Será um jogo complicado, mas acredito que estaremos melhor", finalizou o atacante.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias