iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/06/2009 - 22:29

Cansado, Felipão prevê retorno ao Brasil em 2011

"Tenho uma carreira de 25, 26 anos como treinador e fiquei 13 anos fora. A ideia é cumprir o contrato de 18 meses no Uzbequistão e retornar"

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Após a passagem conturbada no futebol inglês ao comandar o Chelsea, Luiz Felipe Scolari surpreendeu ao aceitar o convite para dirigir o Bunyodkor, representante do futebol pouco tradicional do Uzbequistão. Provavelmente, será a última experiência do treinador no exterior.

"Estou cansado. Tenho uma carreira de 25, 26 anos como treinador e fiquei 13 anos fora. A ideia é cumprir o contrato de 18 meses no Uzbequistão e retornar a um time brasileiro em 2011", prometeu, sem citar o clube brasileiro de preferência para a volta ao país.

A opção de Felipão em seguir os passos de Zico para comandar o Bunyodkor motivou diversas críticas. Ainda assim, o técnico se mostra motivado com o projeto de crescimento do futebol do Uzbequistão, que promete gastar o que for necessário para melhorar de nível.

"Quero explicar que não podia aceitar os convites que tive da Inglaterra. Na rescisão de contrato com o Chelsea, existem termos que me impedem de trabalhar na própria Inglaterra. Eu tenho de cumprir as cláusulas para que eles cumpram o lado deles", afirmou o comandante pentacampeão mundial.

"Já as outras ofertas que recebi de seleções e clubes não iam me levar além do que eu já enfrentei no Chelsea. É melhor ter um projeto novo, em um país novo. Lá, o estádio está sendo construído junto com sete campos de treinamento e uma academia espetacular. É algo diferente do que já enfrentei", ressaltou. 

Na passagem de Felipão pelo Chelsea, as notícias sobre problemas de relacionamento com jogadores viraram rotina. Comandante da Família Scolari na seleção brasileira, o técnico brasileiro demonstra clara mágoa quando o assunto é a experiência no time inglês.

"Temos uma cláusula de confidencialidade que será cumprida. Quando terminar, cada um vai para o seu lado, a experiência foi espetacular, ótima, está tudo muito bem", encerrou Felipão, com uma pitada de ironia.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias