iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

04/06/2009 - 15:03

Uruguai x Brasil: clássico com história nas eliminatórias sul-americanas

Veja os jogos que movimentarão a 13ª rodada das Eliminatórias Sul-americanas para Copa do Mundo de 2010

AFP

MONTEVIDÉU (Uruguai) - O tradicional clássico Uruguai x Brasil é a principal atração da 13ª rodada das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo da África do Sul - 2010, onde também se destacam os confrontos Argentina-Colômbia e Paraguai-Chile.

As dez seleções, que disputam quatro vagas diretas da América do Sul, entrarão em campo neste fim de semana para garantir suas posições ou reconquistar as perdidas, com um Paraguai a ponto de dar o grande salto para a África do Sul.

Os guaranis lideram a classificação geral com 24 pontos, seguidos por Brasil (21), Chile (20), Argentina (19), Uruguai (17), Colômbia (14), Equador (14), Venezuela (13), Bolívia (12) e Peru (7).

As eliminatórias sul-americanas classificam diretamente os quatro primeiros para o primeiro mundial de futebol no continente africano, e concedem ao quinto uma nova chance em uma repescagem contra o quarto colocado da Concacaf.

No sábado, no estádio Defensores del Chaco de Assunção, a seleção paraguaia do argentino Gerardo 'Tata' Martino receberá o Chile, que tem em seu comando técnico outro argentino, Marcelo 'Loco' Bielsa.

Em caso de vitória, a seleção vermelha e branca ficará bem próxima da Copa do Mundo africana, o que poderá confirmar em 10 de junho caso derrote o Brasil no Recife, pela 14ª rodada.

Já a Argentina tentará em Buenos Aires apagar a péssima imagem que deixou na rodada anterior (12ª), quando foi goleada pela Bolívia por 6-1 no estádio Hernando Siles de La Paz.

Diego Maradona, seu técnico, terá a sua disposição para este jogo contra a Colômbia um Lionel Messi em estado de graça, já que acaba de conquistar três importantes títulos com o Barcelona: a Copa do Rei e o Campeonato Espanhol de 2008-2009 e a Liga dos Campeões.

Também no sábado, mas no mítico estádio Centenário de Montevidéu, o Brasil tentará romper um tabu de 33 anos sem vitórias como visitante contra uma seleção uruguaia que tem em seu plantel o artilheiro espanhol e 'chuteira de ouro' do futebol europeu Diego Forlán.

Brasileiros e uruguaios têm atrás de si uma longa história, que tem seu maior alvo o ano de 1950, quando em pleno estádio do Maracanã os uruguaios conquistaram a primeira Copa do Mundo realizada depois da Segunda Guerra Mundial, ao derrotar o Brasil por 2-1, no que se batizou 'Maracanazo'

No sábado também será decisivo para Bolívia e Venezuela, que se enfrentarão no 'Ninho do Condor', o estádio Hernando Siles, localizado a 3.600 m sobre o nível do mar.

Os venezuelanos chegarão para este choque depois de uma adaptação à altitude, com o que esperam ganhar pela primeira vez da Bolívia nas eliminatórias regionais.

Para o domingo restará o choque entre as seleções do Peru e Equador, em Lima. A seleção peruana, lanterna do torneio, não tem mais condições de lutar por um lugar na África do Sul, enquanto que os equatorianos estão na obrigação de conquistar três pontos se quiserem se manter na luta.

Finalizada a 13ª rodada, as seleções sul-americanas terão um descanso mínimo, pois na quarta-feira será disputada a 14ª rodada. O Equador receberá a Argentina em Quito; o Brasil, o Paraguai no Recife; o Chile, a Bolívia em Santiago. A Colômbia irá à Lima enfrentar o Peru e o Uruguai jogará contra a Venezuela, em San Cristobal.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias