iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

28/05/2009 - 00:30

Segundo Autuori, espírito de Libertadores garantiu empate
"A vantagem é do tamanho do resultado de um empate com gol feito. Custamos a entender o campo", disse

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O 0 a 0 diante do Caracas era um placar que agradava a Paulo Autuori. Por tanto, o 1 a 1 conquistado na Venezuela foi considerado um placar muito satisfatório. Após sair perdendo logo no primeiro minuto de jogo, o Grêmio conseguiu o empate na segunda etapa. Ambos os gols saíram em bola parada.

Se os jogadores gremistas reclamaram de mais das precárias condições do gramado, Autuori preferiu minimizar os efeitos do esburacado campo de jogo. Ele preferiu ressaltar a diferença de postura apresentada pelos seus atletas dentro de campo.

"A vantagem é do tamanho do resultado de um empate com gol feito. Custamos a entender o campo. No segundo tempo nos adaptamos melhor e tivemos espírito de Libertadores. O adversário só teve chances na bola parada. Preenchemos mais o meio, no segundo tempo. Na Libertadores a gente tem que passar por cima de tudo. No segundo tempo conseguimos o resultado, que só veio por causa do nosso espírito no segundo tempo", analisou.

Agora, o Grêmio joga por um empate por 0 a 0 na partida de volta, em Porto Alegre. A partida será disputada em 17 de junho. Até lá, o Tricolor se dedicará ao Campeonato Brasileiro. Autuori já avisou "Vamos desligar o interruptor da Libertadores e pensar no Brasileiro".


Leia mais sobre: Paulo Autuori

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias