iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/05/2009 - 13:46

Dirigentes tentam convencer Bianchi a voltar ao banco do Boca
A missão de convencê-lo está a cargo do próprio presidente do Boca, Jorge Ameal

EFE

BUENOS AIRES (Argentina) - Os dirigentes do Boca Juniors tentam convencer Carlos Bianchi, atual diretor esportivo do clube, a assumir como técnico no lugar de Carlos Ischia, que deixará o cargo em 5 de julho.

A missão de convencê-lo está a cargo do próprio presidente do Boca, Jorge Ameal. Pesquisas feitas pela imprensa mostram que a torcida quer a volta de Bianchi, que garantiu nove títulos à equipe entre 1998 e 2003.

Mas o atual diretor esportivo rejeitou a possibilidade de voltar ao banco porque quer cumprir uma cláusula incluída por ele no contrato com o Boca Juniors, que o impede de ser o sucessor de seu amigo Ischia.

A alternativa de outro treinador assumir o cargo até dezembro deste ano, para que Bianchi fique liberado em 2010, foi descartada porque os dirigentes querem insistir "até o fim" para colocá-lo de volta.

Além disso, por razões econômicas, a diretoria acha que o salário de US$ 1,7 milhão anual pago a Bianchi pela função de diretor, que ocupa desde janeiro, ajudaria os cofres do clube.

Boa parte da imprensa diz que o primeiro passo do plano de Ameal é conversar com familiares e amigos mais próximos de Bianchi. EFE ee/dp


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias