iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/05 - 21:41

Com meta na Libertadores, Palmeiras e São Paulo duelam por rivalidade

Equipes, que estão nas quartas de final da Libertadores, fazem clássico em busca de reabilitação no Brasilieirão

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Palmeiras e São Paulo têm um ponto em comum em seus planejamentos desta temporada: a obsessão pelo título da Copa Libertadores da América. Porém, antes dos duelos do meio de semana pelas quartas de final do torneio continental, Verdão e Tricolor se enfrentam neste domingo, às 16 horas, pelo Campeonato Brasileiro. A rivalidade entre os clubes é o que motiva os jogadores para esta terceira rodada do Nacional, no estádio Palestra Itália.

A semana que antecedeu o clássico teve um clima de jogo decisivo no Palmeiras. Durante três dias, a equipe treinou na cidade de Atibaia, realizando uma intertemporada de olho no São Paulo e também na partida da quinta-feira que vem contra o Nacional, do Uruguai, pela Libertadores.

"Foi o momento de aperfeiçoar a parte física e entrosar o time", define o meio-campista Diego Souza. "Fizemos alguns treinos que normalmente não gostamos, mas que são necessários", emenda.

Já no São Paulo, Muricy Ramalho usou a semana para recuperar os atletas contundidos, principalmente pensando no jogo da próxima quarta-feira, diante do Cruzeiro, pela Libertadores. André Dias, Jean e Dagoberto voltaram a treinar, mas apenas o atacante deverá ser escalado no clássico, enquanto os outros dois podem ser preservados para o torneio continental.

"Estamos com dificuldade de montar o time para domingo e para quarta, mas todos sabem que nosso foco é a Libertadores. Claro que é importante ganhar e respeitamos bastante o clássico, mas estamos pensando bem na Libertadores", avisa o técnico tricolor. Mesmo com a clara preferência pelo torneio continental, os jogadores admitem que a rivalidade não pode ser esquecida neste domingo.

"Não existe clássico sem pressão. Independente de as duas equipes estarem na reta final da Libertadores, todo mundo está ciente da importância de vencer neste domingo, pois seremos observados por muita gente. Estamos focados na partida e vamos fazer de tudo por uma vitória", afirmou Arouca.

Depois de tropeçar nas duas primeiras rodadas do Brasileirão (derrota para o Fluminense, e empate com o Atlético-PR), o Tricolor sentiu aumentar a pressão por uma vitória contra o rival. "Temos que voltar a vencer o mais rápido possível. É bastante tempo sem vitória e estamos adiando o fim disso", alerta Zé Luis.

Do outro lado, após perder para o "mistão" do Internacional, o Palmeiras também considera fundamental um resultado positivo neste domingo. Afinal, além da Libertadores, o time quer se manter na briga pelos lugares principais da classificação do torneio nacional. "O São Paulo é um confronto direto, um adversário que costuma chegar bem no Campeonato Brasileiro. Precisamos somar pontos contra essas equipes que vão brigar pelo título", decreta Diego Souza.

O revés da semana passada na capital gaúcha trouxe um sentimento de preocupação no Palestra Itália. O goleiro Marcos se mostrou irritado com a má atuação da equipe principalmente na etapa inicial. "Acho normal o time oscilar. Trata-se de um grupo formado faz pouco tempo", lembra o meio-campista Cleiton Xavier.

O São Paulo também tem apresentações inconstantes nesta temporada e põe a culpa nos desfalques. A ausência mais sentida para o Tricolor no clássico será no gol. Já sem contar com Rogério Ceni há mais de um mês, o técnico Muricy Ramalho também não terá Bosco à disposição, já que o atleta sofreu uma contusão no joelho esquerdo.

Desta forma, a responsabilidade ficará com o garoto Denis, terceiro goleiro na hierarquia são-paulina. No ataque, o desfalque será Borges, que ainda reclama de dores de cabeça depois de levar uma pancada na rodada passada. Assim, Dagoberto forma a dupla de frente com Washington. Como André Dias e Jean devem ser poupados, Richarlyson segue improvisado na zaga, enquanto Eduardo Costa faz a marcação no meio-campo.

Mesmo com o time ainda desfalcado, Washington acredita que chegou o momento da reação do clube. "O São Paulo tem uma força muito grande em clássicos. Além disso, a superação que tivemos contra o Atlético-PR vai ajudar demais", analisou o atacante, lembrando do jogo em que o Tricolor arrancou o empate depois de ficar por duas vezes atrás no placar.

O Palmeiras, por sua vez, mantém a postura de respeitar o rival, mesmo ciente de que o time de Muricy não contará com força máxima. "Nosso adversário tem um grupo forte e será difícil independente de quem for escalado. Dentro de campo, desfalques podem ser revertidos. É um jogo igual", analisou o zagueiro Marcão.

No domingo, o Palmeiras terá uma ausência extremamente importante: o volante Pierre cumpre suspensão automática pela expulsão contra o Internacional. Jumar é o favorito para assumir a vaga. "O Pierre faz falta, é o nosso melhor marcador, mas o Wanderley vai fazer de tudo para suprir essa ausência", confia Cleiton Xavier.

Junto com o zagueiro Edmilson e o volante Sandro Silva, que foram submetidos a cirurgias, outra baixa importante é o atacante Willians, mais uma vez com dores no púbis. Com tantas ausências, Luxemburgo fez novamente mistério na escalação. Como Muricy também não confirma a formação do Tricolor, os treinadores travarão o duelo de segredos até momentos antes de a bola rolar.

FICHA TÉCNICA: PALMEIRAS X SÃO PAULO

Local:
Est ádio Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 24 de maio de 2009, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Braghetto (SP)
Assistentes: Ednílson Corona e Emerson Augusto de Carvalho (ambos Fifa-SP)

PALMEIRAS: Marcos; Maurício Ramos, Danilo e Marcão; Fabinho Capixaba, Jumar, Souza (Mozart), Cleiton Xavier e Armero; Diego Souza e Keirrison
Técnico: Wanderley Luxemburgo

SÃO PAULO: Denis; Zé Luis, Miranda, Richarlyson e Jorge Wagner; Eduardo Costa, Arouca, Hernanes e Hugo; Dagoberto e Washington
Técnico: Muricy Ramalho


Leia mais sobre: São Paulo Palmeiras

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias